Tutorial Indigo

Finalmente consegui finalizar o tutorial que mostra como integrar o Blender e o Indigo! Nesse primeiro tutorial, apenas estou guiando os usuários nas opções básicas. Nesse tutorial, você vai perceber que é extremamente simples configurar a iluminação no Indigo. Acho que é uma ótima opção para o pessoal que cria visualizações de projetos arquitetônicos.

Vejam essa renderização feita com uma figura abstrata. Estou tentando simular a iluminação do sol com apenas um ponto de luz. Será esse o substituto do YafRay para os usuários do Blender?

Figura abstrata

Claro que existe um ponto negativo. O Indigo só está disponível para Windows.

Nesse tutorial vou mostrar como utilizar o renderizador Indigo em conjunto com o Blender 3D. Vou considerar que você já tem alguns conhecimentos básicos sobre o funcionamento do Blender e manipulação de arquivos no Windows.

Passo 1: O primeiro passo é fazer o download do software necessário. No caso o Blender e o Indigo.

Blender: http://www.blender3d.org

Indigo: http://www.indigorenderer.com/joomla/

Vou utilizar o Blender 2.42 e o Indigo 0.6, para esse tutorial. Instale o Blender e faça o download do arquivo ZIP, que contém o Indigo.

Depois de realizar o download, você deve extrair os arquivos que estão no ZIP para uma pasta qualquer. No meu caso eu extraí os arquivos para a raíz da minha unidade C, para uma pasta chamada indigo_06.

Figura 03

Passo 2: Com os arquivos do Indigo devidamente posicionados em uma pasta, podemos agora procurar pelo Script, que vai converter a nossa cena no Blender em um arquivo XML. O Indigo não consegue entende os arquivos “.blend”, mas consegue ler arquivos no formato XML, que é um arquivo de texto.

Para fazer o download do Script, visite essa página:

http://mediawiki.blender.org/index.php/BlenderDev/Indigo_exporter

Para esse tutorial, estou utilizando o Script Indigo 0.6test6 (beta1). Depois de fazer o download do arquivo, você deve extrair o seu contaúdo para dentro da pasta de scripts do Blender. No meu caso ficou em \Blender\.blender\scripts\

Pasta de Scripts
Figura 04

Com o arquivo com extensão py, na pasta de scripts do Blender será possível exportar o arquivo XML diretamente do painel de Scripts do Blender. Agora nós já estamos prontos para o próximo passo.

Passo 3: Crie uma cena simples no Blender, como a que está sendo mostrada na Figura 05:

Cena no Blender

Figura 05

Com apenas um plano e um cubo. Caso você queira ter uma percepção melhor do ambiente é interessante realizar algumas modificações no cubo, ou até mesmo utilizar outro objeto.

Passo 4: Selecione a lâmpada da sua cena e mude o seu tipo para Sun Lamp. O Indigo só reconhece esse tipo de lâmpada do Blender.

Lâmpada do tipo Sun

Figura 06

Em futuros tutoriais vou falar um pouco mais, sobre outros métodos de iluminação disponíveis no Indigo. No caso objetos que emitem luz própria e HDRI.

Passo 5: Ajuste a posição da sua câmera para que o plano ocupe toda a área de visualização da câmera. Caso seja necessário aumente a escala do plano.

Ajuste na câmera
Figura 07

Também é interessante deixar a Lâmpada do tipo Sun, apontando diretamente para o cubo.

Passo 6: Agora que a nossa cena já está configurada, vamos exportar o arquivo XML. Abra a janela de Scripts do Blender. Dentro dessa janela escolha a opção Exporters->Indigo

Scripts do Blender
Figura 08

Depois de escolher essa opção, você vai estar visualizando a janela de configurações do Script, como mostra a Figura 09. Nesse painel de configuração, você pode configurar o tamanho da renderização na parte superior. Quando o tamanho do render estiver definido, desligue a opção Bidirecional e escolha SunSky nos tipos de ambiente, para que o Indigo considere a nossa lâmpada do tipo Sun como sendo uma fonte de luz semelhante ao sol.

Opções do Script
Figura 09

Passo 7: Com as configurações prontas já podemos exportar o nosso modelo no formato XML. Pressione a tecla “Export”, e escolha o nome e o local em que o arquivo XML deve ser gerado. Sugiro que você exporte o arquivo para a mesma pasta do Indigo, para facilitar o trabalho de renderização. Nesse caso eu exportei um arquivo chamado “cena1.xml”.

Passo 8: Agora abra o prompt de comando. No menu Iniciar escolha a opção “Executar”, digitando o comando cmd. Também é possível acessar o prompt, acionando o menu iniciar -> Programas -> Acessórios -> Prompt de comando.

Passo 9: Vá até a pasta do Indigo e digite o comando “indigo cena1.xml” , como mostra a Figura 10.

Prompt de comando

Figura 10

Agora é só esperar pela renderização para ter a imagem finalizada. Agora vamos a algumas considerações sobre como o Indigo trabalha. Quando você iniciou o Render, duas janelas apareceram. Uma janela para a visualização do Render final e uma outra janela que mostra a progressão do Render.

Janelas do Indigo
Figura 11

O Indigo gera uma imagem inicial com uma baixa qualidade, e vai refinando essa imagem durante o Render. Uma coisa interessante sobre ele, é a sua renderização teoricamente pode ser infinita! Isso mesmo, você tem que determinar o quando o processo termina, caso contrário você poderia deixar o Indigo renderizando para sempre! Mas calma que para sempre é um tempo de render muito alto! Geralmente algumas horas já são suficientes para se obter uma imagem com qualidade.

A medida em que o Indigo realiza a renderização, os arquivos de imagem são gravados automaticamente na pasta renders, como mostra a Figura 12.

Pasta renders
Figura 12

Então você deve sempre procurar pela sua imagem final nessa pasta. Antes de finalizar o processo de renderização, é interessante criar uma cópia do arquivo temporátio (o famoso CTRL+C e CTRL+V). Essa cópia vai garantir que você não fique com um arquivo de imagem corrompido, já que existe a possibilidade de fechar o Indigo, no momento exato em que ele está gravando uma nova versão do arquivo de imagem.

Na Figura 13 é possível ter uma idéia de como o render aparece nos seus estágios iniciais. Depois de alguns minutos (Aproximadamente 30, para ser mais exato), temos o resultado final na Figura 14.

Render preliminar
Figura 13

O Render final, depois de 30 minutos.

render final
Figura 14

Quanto mais tempo você deixar o Indigo trabalhar, melhor qualidade terá o seu render. Claro que essas opções que são apresentadas nesse tutorial são simples, mas já é possível fazer muita coisa. Veja alguns exemplos de renderizações com o Indigo, usando cenas um pouco mais complexas.

Ambiente Interno

Cena interna – Render de aproximadamente 1 hora, 1 ponto de luz com as configurações padrão.

Render externo

Volumetria de um edifício – Render de aproximadamente 1 hora e 40 min, 1 ponto de luz com as configurações padrão.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

11 comentários sobre “Tutorial Indigo”

  1. Olá Alan, gostei do site, bom mesmo. E este artigo entao melhor! Pois iniciei no mundo do 3d com o blender e tudo quanto é informação tento adquirir, teu livro está nos meus planos 😉 Parabens!

  2. Obrigado henrique! Fico feliz que você tenha gostado do site. Pode acreditar que em breve vou estar escrevendo mais sobre o Indigo.

  3. Olá Allan, estou agora usando muito o indigo para renderizar, aqui tem uma cena que fiz, deixei da noite para o dia, 12 horas (risos).
    http://www.olhares.com/henriquezorzan
    É o ultimo trabalho que lá coloquei portanto acessando o endereço é a primeira foto das que aparece…
    Bem mas esta conversa toda é para te perguntar uma coisa: Por acaso sabe o porque deste erro? – Python Scrit Error: Check Console –
    E depois naquela tela tipo DOS do blender aparece o seguinte: – Atributte Error: get Materials –
    Bem, e isso só acontece com um trabalho meu e acredita antes de descobrir isso, formatei meu PC 🙁 No desespero… Desculpa sei que aqui não é para fazer perguntas mas rodei a net e não encontrei resposta…
    Abraços,

  4. Olá Henrique, antes de mais nada ficou ótima a sua renderização! É aquela imagem com as taças não é?

    Provavelmente você está usando alguma configuração nos materiais que o Indigo não suporta. Por isso está acontecendo esse erro. Você deve procurar o atributo que existe apenas nesse arquivo, assim você descobre o erro.

    Abraços.

  5. É a das taças sim Allan! Que bom que gostou fico contente! 😀
    Vou investigar então o meu ficheiro, fazer alterações passo a passo para ver se identifico o erro…
    Mais uma vez obrigado.. 😉

  6. Parabens por seu trabalho, tenho seu livro “blender, guia do usuário” e desfruto dos conhecimentos dele a mais de um ano, estou terminando minha faculdade e usarei alguns de seus comentários em meu tcc, se vc não se importar, é claro!! Desde jah agradeço a sua ajuda…
    Estou com um projeto de estágio na FATEC com maquete eletronica, e estou apanhando pra fazer renderizações iguais a do henrique, se vc puder ajudar em nosso projeto, ficarei muito agradecido…
    msn: longboardpg@hotmail.com

  7. por favor.
    instalei o indigo no meu blender. (2.48)
    mas ele cancelou todos os meus scripts. como faço para recuperar???
    por favor ajude-me.
    abracoss

  8. ola, gostaria que vc me ajuda-se enteder porque o indgo nao roda no meu pc sempre que vou abrir o progama aparece uma mansagem de rro dizendo que encontrou um problema e precisa ser fechado e pedindo pra enviar relatorios

  9. gotaria de sua ajuda pos sou novo nesta area e o meu primeiro trabalho e ja tentei de todas forma e no instalou o indego ele sepre da um erro (” pyton script error, check console “) voce pode me orientar poi sou novo e estou conhcendo o blender agora. grato .

  10. olá allan, preciso de uma ajudinha basica. entrei no site para baixar o indigo mas não consigo entender nada, não sei se é pra fazer download do trial,o site pede para criar uma conta, não consegui criar a conta e também não achei o arquivo zip.
    allan sou iniciante no blender e peço que me ajude a configurar o indigo no blender. estou usando o blender portatil 2.49a.
    agradeço a sua atenção e parabéns pelo site.
    aguardo retorno.

  11. Adorei o tutorial, agora entendi porque meus objtos apareciam sempre escuros. Faltava deixar a iluminação como Sun.

    Provavelmente você já resolveu seu problema, mas pode haver outros com a mesma duvida.

    Rafael Batista a versão trial tem algumas limitações, e quando a imagem é renderizada aparece uma marca dagua do Indigo no canto inferior direito da imagem.

    Links:
    Script para por no blender
    http://www.indigorenderer.com/blender/

    Render indigo
    http://www.indigorenderer.com/downloads

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *