Treinamento em Final Render

Logo Final RenderEscrevi um artigo a alguns dias atrás, falando sobre um treinamento gratuito para o Mental Ray. Pois agora vou falar de outro renderizador muito bom chamado Final Render. Assim como o Mental Ray, o Final Render ajuda a criar cenas fotorealísticas com alguns recursos dde iluminação global(GI).

A empresa que desenvolve o Final Render é a Cebas, que disponibilizou um treinamento muito bom sobre o uso desse software em conjunto com o 3dsmax. No total são 4 vídeos divididos em capítulos, com mais de 2 horas de treinamento.

Os vídeos são narrados em inglês, mas mesmo assim é possível entender perfeitamente a descrição do treinamento. Caso você queira conhecer o Final Render, sugiro uma visita ao sítio da Cebas:

http://www.cebas.com

Caso você já conheça o Final Render e queira assistir aos vídeos, esses são os links.

Parte 1 – Configurações Gerais do Final Render:
http://www.cebas.com/news/read.php?UD=10-7888-35-788&NID=160

Parte 2 – Caustics e Raytracing:
http://www.cebas.com/news/read.php?UD=10-7888-35-788&NID=163

Parte 3 – Render distribuído e Acceleration Engine :
http://www.cebas.com/news/read.php?UD=10-7888-35-788&NID=165

Parte 4 – Iluminação Global:
http://www.cebas.com/news/read.php?UD=10-7888-35-788&NID=170

Para quem é curioso por softwares 3d, é uma ótima oportunidade para conhecer o workflow desse render de alta qualidade. Sem falar que sempre é possível aprender alguma coisa que pode ser aplicada em outros softwares. Não deixe de visitar a galeria de trabalhos também, para ter uma idéia do qualidade desse render.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

4 comentários sobre “Treinamento em Final Render”

  1. Oi Allan, sou nova por aqui e começei a conhecer um pouco de seu trabalho devido meu interesse pelo blender. Tive acesso ao Podcast “Introdução ao Blender 3D” que você disponibilizou na web e nao tive dúvida em adquirir o livro Blender 3D recém publicado. Parabéns, tenho aprendido muito com suas contribuições.
    []s

  2. Parece que em termos de escolha de renderizador o 3dmax bate o blender de olhos fechados… Tem muito mais opções… 🙁

    Mas uma boa dica Allan,

    abraços

    Nota: Allan, agora mudando da água pro vinho, sabe me dizer se o indigo suporta renderizar particulas no blender? Tentei e nao deu certo, já fui ao site oficial do indigo e nao encontro nada sobre o assunto…

  3. Henrique,

    Isso é verdade, o 3dsmax tem muito mais opções. Mas isso é por motivos econmicos, já que essa lista de renderizadores v-ray, mentalray, final render, brazil, maxell render e outros são todos pagos e bem pagos! hehehe

    Sobre o Indigo ele realmente não reconhece as partículas do Blender. Você deve tentar converter as particulas em geometria (Mesh), antes de exportar o xml.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *