Ontem encontrei um vídeo muito interessante sobre a produção dos efeitos visuais para o seriado [BP:257]Heroes[/BP], claro que um seriado que fala sobre várias pessoas com super poderes, não poderia ser realizado sem uma boa quantidade de efeitos visuais. O vídeo mostra uma entrevista com o pessoal da Stargate films, empresa responsável pelos efeitos vistos no seriado. Apesar de ser um pouco curto, podemos ver que uma boa parte dos efeitos 3D necessários para o seriado é produzido no [BP:215]Maya[/BP]. Para exemplificar o trabalho deles, são mostradas em detalhes duas cenas que precisaram de efeitos no seriado:

  • Na primeira cena eles mostram como fizeram o Nathan Petrelli voar.
  • Em outra cena o pessoal da Stargate, explica em detalhes, desde a parte 3D até a pós-produção como fazem as cenas em que Hiro Nakamura para o tempo. Essa foi a cena em que Hiro estava em Tóquio e salvou uma colegial de um atropelamento.

Veja o vídeo:

Como o vídeo não tem legendas, vou explicar um pouco que o pessoal da Stargate está dizendo sobre a produção. Na primeira parte eles explicam a diferença entre efeitos visuais e efeitos especiais:

  • Efeitos especiais: Efeitos produzidos diretamente no set de filmagem, sem a necessidade de computadores.
  • Efeitos visuais: Esses são os efeitos produzidos na pós-produção com ou sem o auxílio de computadores.

Para a produção de Heroes, os dois tipos de efeitos são utilizados.

A técnica para fazer a primeira cena em que Peter Petrelli voa é a seguinte; eles filmam o ator fazendo um breve salto, usando um fundo em chroma-key. No ponto mais alto do salto o ator real é substituído por um modelo 3D. O personagem digital é animado para simular o vôo, recebendo um toque de Motion Blur, na pós-produção. Assim o personagem consegue sair voando.

Já na cena em que Hiro para o tempo, a construção da cena é mais complexa. Primeiro a cena é filmada com os atores reais, algumas partes da filmagem são reais. Tem até um ator pendurado com cabos, para parecer que ele está suspenso no ar. Na pós-produção são adicionados os elementos virtuais, como modelos 3D de brinquedos que estão parados no ar.

Como vários dos modelos 3D dos objetos que estão parados no ar, ficam posicionados entre Hiro e outros atores que estão parados na cena, na pós-produção é necessário fazer a separação dos planos. Assim os objetos podem ser adicionados em camadas, entre os atores. O ator que está pendurado por cabos é editado, para que os cabos não apareçam no vídeo. Além de ajustar os planos em que a ação acontece, ainda é necessário combinar o movimento da câmera real, com o movimento da câmera virtual no Maya. Se isso não for feito, a composição dos modelos 3D com a cena real será impossível ou no mínimo muito difícil.

Para finalizar são adicionados detalhes como sujeira e imperfeições nos elementos 3D. Pronto! Assim você já sabe um pouco de como funcionam os efeitos de Heroes.