Já faz certo tempo que não ministro aulas sobre AutoCAD, para ser mais exato quase 2 anos. Mesmo assim, para quem passou quase 8 anos trabalhando com uma ferramenta, ainda mais tendo que ministrar aulas sobre ela, fica difícil esquecer o seu funcionamento. É parecido com andar de bicicleta! Nos últimos dias um ex-aluno me procurou, pedindo por dicas sobre como fazer impressão no AutoCAD, para criar layouts para impressão em diferentes escalas. O que ele queira fazer era uma prancha de locação, para um projeto. Para as pessoas que não são da área de arquitetura ou engenharia, esse tipo de desenho precisa exibir geralmente a mesma figura, mas com tamanhos diferentes.

Para quem não sabe usar bem o [BP:215]AutoCAD[/BP], uma cópia do objeto resolve. Mas ele dispõe de uma ferramenta chamada Layout, para o pessoal da antiga é o que chamávamos de Paper Space, até o AutoCAD 14. Com essa ferramenta de Layouts, podemos configurar a maneira com que as ilustrações são plotadas.

Na tentativa de ilustrar melhor a explicação, encontrei dois vídeos que mostram como realizar o processo. Os vídeos estão em inglês, mas com um pouco de atenção podemos entender ele tranquilamente.

Vídeo 1

O vídeo foi produzido no AutoCAD 2006, mas os assuntos podem aplicados em outras versões. Tomei a liberdade de fazer uma pequena descrição dos vídeos:

  • No começo do tutorial o autor explica que o seu escritório está sem mobília alguma, divido a uma mudança. Então o áudio do tutorial está com muito eco. Isso não tem nada haver com o AutoCAD, mas é o início da narração.
  • Depois ele mostra os desenhos com os quais ele vai trabalhar no tutorial. Algumas elevações e uma planta baixa, com dados da instalação elétrica, demolição e outros. Um dado interessante em relação à planta; ele tem apenas uma planta, mas as informações sobre instalações elétricas e demolição, estão representadas na mesma planta. Apenas em Layers diferentes.
  • Assim que ele explica os desenhos, começa o tutorial em si. Repare que na parte inferior da Viewport do AutoCAD, existem duas pequenas abas. Uma chamada Model e outra Layout1, para entrar no modo de layouts para impressão é necessário clicar no Layout1. Esse nome pode ser alterado depois, mas Layout1 é o padrão que o CAD usa, quando iniciamos um arquivo.
  • Quando entramos no modo de Layout, repare que a configuração da interface muda para uma folha. Assim temos a visualização da impressão.
  • A primeira coisa que o autor faz no vídeo é excluir a viewport. Repare que existe um retângulo azul na folha, essa é a viewport. Imagine isso como se fosse um buraco na folha, que mostra exatamente os elementos desenhados na aba Model. Para editar o zoom e ajustar a visualização, dentro dessa viewport, acione um duplo clique dentro do retângulo. Assim podemos ajustar a visualização com as ferramentas de zoom do AutoCAD. Para sair, acione um duplo clique fora desse retângulo.
  • Depois que ele explica essa parte, agora é necessário verificar qual o tamanho da folha. Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre o nome Layout1. Escolha a opção Page Setup…
  • As outras opções desse menu, que abrimos com o botão direito são
    • New Layout: Cria um novo layout de impressão
    • From Template: Cria um novo layout, usando um modelo pronto. Podemos usar essa opção para já começar um layout com carimbo pronto.
    • Delete: Excluir um layout
    • Rename: Alterar o nome de um layout
    • Move or Copy: Mover e copiar um layout
    • Select All Layouts: Selecionar todos os layouts
  • Assim que ele entra na configuração das páginas, um menu com várias configurações pré-existentes aparece. O autor remove as páginas que ele já havia configurado anteriormente, depois clica no botão New, para criar uma nova configuração de página.
  • Ele coloca o nome do papel, de maneira a representar as suas dimensões.
  • Assim que ele termina de configurar o nome, aparece a janela de configuração para plotagem. Apesar de ser a configuração de plotagem, essa janela apenas determina o tamanho e opções do layout. Nada será impresso ainda.
  • A primeira coisa a fazer nessa janela é escolher um estilo de impressão.
  • Escolha uma impressora, no vídeo o autor escolhe uma impressora virtual, que gera arquivos PDF. Na área Paper Size, podemos escolher um tamanho para a folha.
  • No Plot Area, escolha a opção Layout e escala 1:1 mesmo. Para finalizar pressione Ok.
  • Repare que as configurações ficam na lista de páginas. Assim que acionamos um duplo clique sobre uma delas, a configuração é aplicada no layout.
  • Agora exclua a viewport padrão, escolha um layer apropriado, o autor criou um layer especial para as viewports chamado de viewport. Acione o comando mview, para desenhar uma nova viewport.
  • Essa eu não sabia, assim que você acionar o mview pressione entre 2 vezes para que a nova viewport seja criada, com o tamanho total da folha.
  • Para ajustar a escala dentro da viewport, selecione a viewport e clique com o botão direito sobre ela. Escolha a opção properties.
  • Na área Scale do menu de propriedades, determine a escala do desenho.
  • Assim que a escala estiver configurada, acione a opção Display Lock, para que o zoom dentro da viewport não possa mais ser alterado.
  • No final, o autor mostra como congelar layers, dentro de uma viewport. O comando utilizado é o vplayer. Assim que o comando é acionado, ele digita a letra f para acionar a opção freeze e depois informa o nome do layer que deve ser congelado. Confirme se o comando deve ser aplicado apenas na viewport atual (current), pressione ENTER para finalizar.
  • Assim ele conseguiu ocultar a parte elétrica da viewport. O mesmo processo é aplicado na parte de demolição.
  • Depois o autor cria uma nova viewport para a vista superior do telhado. Como a área ocupada pelo telhado é pequena, ele acaba fazendo uma nova viewport. Para redimensionar uma viewport, clique nos grips (quadrados azuis), para acionar o comando Stretch.

Esse foi o primeiro vídeo, com isso já aprendemos bastante sobre como funcionam os layouts. Agora no segundo vídeo, o processo continua.

Vídeo 2

  • Depois de alguns ajustes iniciais já abordados no primeiro vídeo, o autor mostra como criar textos diretamente no layout, para o carimbo e informações.
  • Cuidado com a escala do texto, porque nos layouts usamos tamanhos reais para o texto.
  • Para ajustar a escala das linhas tracejadas, o comando LTScale é acionado e depois mais alguns layers congelados.
  • Com os layouts finalizados, o autor altera os nomes dos layouts para facilitar a identificação dos mesmos.
  • Agora chega a hora de publicar, com o comando publish abrimos o menu com as opções de publicação. Esse menu permite plotar, vários layouts ao mesmo tempo, para o formato DWF ou para a impressora determinada na configuração da folha. Deixe a opção Layout tabs marcada, para publicar a informação dos layouts.
  • Depois podemos adicionar layouts de arquivos externos, clicando no botão add.
  • Assim que tudo estiver configurado, clique no botão publish e todos os layouts são plotados.
  • Só para finalizar o autor explica como excluir a linha que determina as viewports da impressão. Tudo no controle de layers.

Pronto! Agora com essas dicas espero que fique mais fácil entender como funciona o processo de impressão com layouts no AutoCAD.