Guia animado sobre o simulador de fluidos do Blender

Mesmo a uma boa parte dos artistas 3D ainda não use o Blender, temos um fenômeno interessante, desde que a possibilidade de simular fluidos foi incorporada ao Blender. Muita gente acaba aprendendo a usar o Blender, para realizar essa simulação, depois exportar o modelo para outras ferramentas para renderizar. Existe razão para isso? Claro que sim. A maioria das suítes 3d, ainda não disponibiliza esse tipo de simulação para os seus usuários. Quem quiser usar fluidos, precisa comprar um plugin a parte. Como o Blender é gratuito, muita gente acaba aprendendo a usar o Blender, apenas para fazer a simulação de fluidos.

Conheço algumas pessoas que já fizeram isso, aprenderem a usar o Blender apenas para usar os fluidos. As ferramentas que estão sendo desenvolvidas e prometidas com o projeto Peach, como a possibilidade de gerar paisagens com céu e nuvens, uma enxurrada de novos usuários começará a usar o Blender.

Se você é uma dessas pessoas, interessadas em usar o Blender, para simular fluidos e exportar para outras ferramentas, existe um guia muito interessante, totalmente animado, mostrando como funciona o simulador de fluidos. Além de mostrar como cada opção funciona, o guia mostra animações com os resultados de cada alteração nos parâmetros.

Blender Fluídos

O guia que não tem como objetivo ser um tutorial, mas apenas demonstrar como funcionam algumas das funcionalidades, está dividido em oito partes:

  • Domain: Aqui temos um guia explicando como determinar a área em que a simulação acontece.
  • Fluid: Essa parte do guia, explica como funciona a configuração e os possíveis comportamentos para o líquido.
  • Obstacle: Além da criação do fluido, podemos adicionar obstáculos na simulação. Essa parte do guia mostra como configurar esses obstáculos.
  • Inflow: Aqui podemos determinar a velocidade inicial do fluido assim como a quantidade gerada.
  • Outflow: Caso a sua simulação tenha um objeto que remove líquido da cena, ele deve ser configurado com o Outflow.
  • Particle: Aqui temos uma explicação de como funciona a simulação de líquidos como spray.
  • Ipo: Se você quiser personalizar a animação do fluido, podemos usar as curvas IPO para alterar alguns parâmetros. Essa parte do guia explica como fazer essa animação.
  • Script: Essa parte do guia disponibiliza um Script para importar objetos e simulações.

O guia é ótimo, mesmo que você já esteja acostumado a utilizar o simulador, vale à pena fazer uma visita. Mesmo os usuários experientes acabam aprendendo alguma coisa. Sem mencionar que o autor do guia, fez a enorme gentileza de criar animações muito ilustrativas, sobre as funcionalidades do simulador.

Se você não usa o Blender ainda, quem sabe essa não seja a oportunidade de perder o medo e tentar simular alguma coisa? Vá em frente! É de graça!

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

7 comentários sobre “Guia animado sobre o simulador de fluidos do Blender”

  1. O guia está numa página em itatliano?? putz … não sei nada de italiano … não consegui achar … :'(

  2. Aquele aviso em Italiano fala que a cota de tráfego do site acabou. Depois que o link foi publicado na BlenderNation, a quantidade de visitas foi muito alta para o site.

    Tem que esperar um pouco até voltar.

  3. gostaria de saber como utilizar o programa blender

    algem pode me explicar como ele fuciona

  4. Marcos:
    Compre o livro do proprio Allan Brito,Blender 3D Guia do Usuário,na net tem um monte de lugar que vende ele,eu tenho e vou dizer uma coisa quando fui fazer o curso,que era simplesmente por causa do certificado eu ja sabia vira o programa de ponta cabeça…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *