Mesmo com todas as ferramentas e opções disponíveis no Blender, ainda é grande a quantidade de pessoas que ainda tem dificuldades em mesclar com sucesso, partes em 3d com material em vídeo ou fotografia. As técnicas para fazer esse tipo de integração são variadas, permitindo fazer montagens das mais simples até as mais complexas. Ontem, navegando por um fórum sobre Blender, descobri um ótimo tutorial sobre composição, que mostra de maneira simples, mas eficiente, como mesclar um vídeo com partículas produzidas no Blender.

Como você vai perceber, a técnica é relativamente simples, para as pessoas que tenham um vídeo parecido, o processo pode ser facilmente reproduzido.

Veja o vídeo:

Tutorial composição

O procedimento usado pelo artista é simples, primeiro ele configura a 3D View do Blender, para que o nome de vista seja exibido na interface. Assim que isso é feito, o próximo passo é ajustar a câmera, adicionando o vídeo, no formato MPG como plano de fundo da câmera.

Depois ele ajusta um plano, estrategicamente posicionado na mesma inclinação necessária para servir como plano de fundo da câmera também. Quando o plano está devidamente alinha, ele aplica uma textura ao objeto, usando como mapa o arquivo de vídeo. Isso fará o vídeo ser renderizado, quando uma animação for produzida.

Com o vídeo devidamente configurado, o próximo passo é ajustar as partículas. Para gerar partículas é necessário um objeto emissor, que é representado por um pequeno plano. Como a idéia é ajustar a emissão das partículas a uma área específica da mesa, em que o dedo no vídeo supostamente pressiona, o plano precisa ser alinhado ao tampo da mesa.

Assim que o plano está alinhado, o artista configura a emissão das partículas e o seu respectivo material, para que ele ganhe um aspecto de fumaça.

Pronto! Agora é só renderizar o vídeo, para gerar uma composição em vídeo com o Blender.

Caso você queira examinar o arquivo original, usado pelo autor no tutorial, ele gentilmente o disponibilizou para download, assim como uma versão do vídeo em alta resolução. Para fazer o download, visite esse endereço. Como hoje é fácil criar esse tipo de material, com celulares e máquinas fotográficas digitais, você pode tentar reprodizir o tutorial usando suas próprias referências. Ao menos você já sabe como começar!