Blender 3D 2.46 lançado!

Depois de uma longa espera, finalmente o Blender 2.46 foi lançado! Ainda não existe um comunicado oficial, que deve aparecer nas próximas horas, mas os instaladores já estão disponíveis nessa pasta. Corra para fazer o download!

Esse foi mais um marco na história do desenvolvimento dessa incrível ferramenta 3d de código aberto, que culmina com uma plataforma de animação e efeitos ainda mais robusta. Para quem não acompanhou o desenvolvimento das ferramentas próprias para animação, fique sabendo que parte das ferramentas de animação desenvolvidas para essa versão do Blender foram requisitadas pela equipe do projeto Peach. Então podemos dizer que muitas das atualizações foram provenientes de uma equipe profissionais de animadores. Fora isso ainda temos as novas ferramentas desenvolvidas pelo SoC 2007 e desenvolvedores independentes.

Tudo isso dá muita credibilidade a essa nova versão recheada de novidades para animadores. Caso você não lembre quais são essas novidades, preparei uma pequena lista com as atualizações e novas ferramentas adicionadas ao Blender 2.46:

  • Novo e reformulado sistema de partículas, muito mais poderoso e flexível
  • Novas ferramentas para mapeamento UV, que permitem mais controle sobre texturas
  • Possibilidade de usar sombras suavizadas em praticamente todas as fontes de luz
  • Novos modificadores Bevel, Explode e MeshDeform
  • Sistema para simulação física de tecidos, que permite aos animadores realizarem simulações realistas de tecidos. Antes os usuários do Blender precisavam usar o Soft Body para esse tipo de simulação.
  • Novas ferramentas de animação e controle de Bones.
  • Materiais com reflexões borradas diretamente do painel, sem a necessidade de usar truques com nodes ou renderizador externo.

Para conferir a lista completa de novas funcionalidades do Blender 2.46, visite esse endereço. Agora é só desfrutar das novas possibilidades e facilidades para animação.

Com esse lançamento, já podemos voltar as nossas atenções para o futuro do Blender, o aguardado lançamento do Blender 2.50 que deve acontecer apenas no final desse ano. Ele promete trazer uma interface reformulada, além de uma gama de novas ferramentas, principalmente de modelagem. Muitas dessas ferramentas já estão sendo desenvolvidas para o projeto Apricot.

Além dessas ferramentas, podemos esperar por mais novidades como a prometida Render API e os projetos selecionados para o SoC 2008, que prometem deixar o Blender 3d ainda mais atraente para usuários e artistas envolvidos com produção 3D. Como de costume, devo continuar a estudar as ferramentas do Blender 2.46 e tudo que aparecer no SVN, para testar e aprender a usar cada vez mais o Blender.

Para mim o mais legal de tudo isso é que o aprendizado do Blender é um processo contínuo, não para nunca.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

11 comentários sobre “Blender 3D 2.46 lançado!”

  1. Download in process… 🙂

    Agora, é muita novidade, muita ferramenta, assim eu fico maluco a cada lançamento…
    E o livro, curso, hein Allan?! Rola um post com um apanhado das novidades?!
    [] 🙂

  2. legal, antes eu sabia mexer com as as partículas agora tenho que reaprender, mudou quase tudo há algum lugar especificando o que faz cada botão?

  3. O problema com o YafRay ainda persinste, já reinstalei o o mesmo e nada. O que pode ser Allan ?

  4. Oi Rafael,

    A única solução por enquanto é desligar o botão XML. Você perde o progresso da animação, mas funciona.

    Acho que o YafRay precisa de alguma modificação. Vamos esperar alguns dias, dependendo da gravidade alguém pode lançar uma correção em breve.

  5. vou começar a procurar tutoriais de particulas nesse novo sistema, pois esta completamente reformulado, e vendo o resultado do Peach da para ver que é mto poderosa essa nova ferramenta!

    abraço!

  6. Impressionante.

    Hoje de manhã testei o render em um desenho que fiz para um controle de embalagem.

    Usei renderização com AO ligado no máximo e OSA no máximo, levou 4 horas e 37 min num P4 3,2Mhz com 1 GB rodando Linux Kubuntu 7,0 com Blender 2,44.

    Com o Blender 2,46 em um Semprom 1,2Mhz com 512Mb e Windows XP usando o novo AO por aproximação e não por Raytracing levou 1 minuto e 52 segundos.

    A qualidade é similar ao AO por Raytracing. Digo de chega a uns 90% da qualidade do Raytracing mas o tempo nem se compara.

    Só essa nova função já merece parabéns.

    Maya e 3D MAX que se cuidem.

  7. Essas opções do AO, junto com a suavização de sombras, deixa o Blender 2.46 melhor ainda para composição de cena. Parece apenas que a integração com o YafRay foi “bagunçada”, para renderizar é necessário ligar o botão XML, caso contrário o Blender trava.

  8. É tanta coisa nova que vou ter que fazer uma boa de uma revisão sobre o blender 3d rsrsrs….
    Outra coisa o que seria AO por aproximação eu nem sabia que tinha isso….

  9. Opa. Fiz o download. Só nao gostei de uma coisinha, os objetos saem virados para cima, ignoram a posição da camera (diferente das outras versoes).
    Tem outra coisa tambem, para usar o Indigo com ele é um M#$%@.
    Se voce fizer o download do Instaler da versao 2.46 ele vai vir sem alguns componentes importantes para a instalação do Blendigo. Para resolver o problema, tive que recontruir a pasta de scripts do blender raptando arquivos de outros downloads. HeHeHe.
    Pra quem tiver esse mesmo problema que eu na instalação do Blendigo fica aí a solução (^^):
    Fazer o download da versao Instaler, e instalar normalmente.
    Depois só fazer o dowload Zipado da mesma versão, jogar todos os arquivos de scripts para dentro da versao previamente intalada pelo Instaler do Blender. Os componentes agora estao presentes na pasta do Blender. Depois só instalar o Blendigo com o Indigo, facil assim.
    Nao sei se foi só eu que tive essa complicação.
    Até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *