Tutorial sobre as partículas e campos de força do 3ds Max 2009

Todos que começam a trabalhar com ferramentas 3d, em algum momento precisam lidar com partículas. Até esse ponto, tudo bem, mas pergunte para alguém mais experiente sobre como é a pratica com a configuração e ajuste de animações com partículas? Acredito que a grande maioria dos animadores, já teve ou um dia ainda vai ter problemas com o uso de partículas em animação. Nas minhas aulas sobre 3ds Max, há muito tempo atrás, lembro que os alunos sempre gostavam dos primeiros contatos com as partículas. O Super Spray, Blizzard e outros sistemas de partículas do 3ds Max são muito legais, principalmente para quem está começando.

Quando as animações começam a ficar mais complexas, depender da configuração daquelas barras de opções intermináveis, a coisa começa a mudar de figura, as partículas mudam de ótima ferramenta para um problema, principalmente ao aprendizado.

Se você está nessa situação, lutando para fazer animações e principalmente configurar as partículas do 3ds Max, para interagir com campos de força, esse tutorial que encontrei no último final de semana, pode ajudar a entender melhor com o processo funciona.

No vídeo o autor realiza uma tarefa relativamente simples, ele configura um emissor de partículas para que ele emita os objetos a uma determinada velocidade. Depois que as partículas são emitidas, elas devem sofrer ação de um campo de força do tipo gravidade, e para deixar a situação ainda mais complexa, as partículas devem parar no plano que representa o “piso” do cenário. Tudo isso com uma pequena animação configurada no objeto, que faz as partículas serem “jogadas” no momento em que nascem.

Só isso deixaria qualquer estudante de 3ds Max com os cabelos em pé, mas o vídeo ajuda a fazer todo o exercício sem maiores dificuldades.

Para quem não usa o 3ds Max, fica o exemplo de como configurar os sistemas de partículas de outra ferramenta, repare que até no 3ds Max o uso dos chamados nós está bem difundido. Quem usa Maya já aproveita esse sistema há mais tempo, os usuários de Blender há pouco mais de 1 ano.

Agora, vai dizer que você não se divertiu quando aprendeu a usar o Bomb ou o PBomb?

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *