Tutorial Revit: modelagem inteligente com o BIM

Um padrão que surgiu na indústria da modelagem 3d, que veio para ficar foi o BIM. Ele é específico de ferramentas de modelagem como o AutoCAD, Revit, ArchiCAD e outros softwares de CAD. Ele significa Building Information Modelling, ou em tradução livre “Modelagem de edificações com informação” ou algo assim. Mas, o que esse tipo de modelagem faz? Caso você já tenha conhecido o termo modelagem paramétrica, os termos são parecidos. O que temos nesse tipo de modelagem é que quando você constrói um objeto em 3d, ele adquire propriedades únicas daquele tipo de objeto.

Por exemplo, quando você cria uma parede e uma janela, o sistema identifica que por padrão a janela deve ser encaixada na área da parede e não o contrário. Fora isso, a parede ainda ganha propriedades como volume e espessura.

Nas ferramentas da Autodesk, o Revit é o que se enquadra melhor no desenvolvimento de projetos usado esse tipo de modelagem.

Quer ver a diferença entre a modelagem e desenho com CAD e uma ferramenta BIM? Veja esse vídeo:

O vídeo mostra as ferramentas de gerenciamento de dados do Revit, a autora do tutorial cria uma tabela com as informações das portas. O software reconhece que os elementos desenhados na planta são portas, por isso os adiciona na tabela. Ela ainda pode selecionar os itens na tabela e o elemento do desenho é selecionado automaticamente.

Isso era impossível de fazer em ferramentas CAD tradicionais.

Outras ferramentas de CAD, também conseguem usar esse tipo de modelagem que inclusive, dizem alguns estudiosos do assunto, deve em breve substituir o termo CAD, que faz referência a um simples desenho.

Podemos fazer isso no Blender 3D ou 3ds Max? Na verdade, esse é m outro tipo de modelagem e que não tem relação alguma com ferramentas de CAD. Softwares como o Blender 3d, 3ds Max e Maya tem como objetivo criar imagens desenvolvidas por artistas e sem nenhuma pretensão em se transformar e referências para projetos.

Por isso, pode ficar tranqüilo que essas ferramentas devem continuar com as mesmas características de antes. A modelagem neles é feita sem nenhum tipo de objeto especial, apenas as superfícies e figuras geométricas que estamos acostumados a trabalhar.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

7 comentários sobre “Tutorial Revit: modelagem inteligente com o BIM”

  1. No ano passado chegou ao Brasil o *******, que também é BIM e trabalha de forma semelhante ao REVIT.

    Ele tem um sistema de relatórios em que após concluido o projeto ele informa todas as quantidades (Ex: Área vertical das paredes, quantidade de esquadrias, Volumes de lajes, etc.)

    A vantagem é que é específico para Arquitetura, está em português e seus componentes (paredes, esquadrias, blocos, etc.) são adaptados para o Brasil.

    Para conhecer e fazer o download da versão trial (em português), visite o site do distribuidor no Brasil: *****************

    [Editado]

  2. Oi Marcelo,

    Editei o comentário. O site que você indicou, tem textos copiados aqui do Blog. Procure o artigo deles sobre a BlenderArt, boa parte do artigo foi copiado de um post que publiquei, sem nenhum tipo de aviso ou link como referência.

    Abraços

  3. Bom Dia Allan,

    Como faço pra criar um vídeo aparecendo os materiais no Revit 2009 suite?

  4. Caro Allan.
    Quais os comandos necessários para importar modelos 3d do AutoCad para o Revit e, principalmente, aplicar materiais para renderização destes modelos já no Revit?
    Muitíssimo grato,
    Reinaldo.

  5. Allan…
    Poderia ser desenvolvido algum post especifico para usuários de Revit né… seria interessante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *