Curso gratuito sobre técnicas de renderização avançada na Siggraph

A Siggraph apresenta várias coisas legais, como vídeos de demonstração e tutoriais sobre novas ferramentas ainda em desenvolvimento. Mas, para quem está realmente interessado em aprender um pouco mais, a grande oportunidade são os cursos oferecidos em técnicas de animação e renderização avançadas. Depois que a feira vai acabando, todo o material desses cursos fica disponível na internet para consulta gratuita, portanto nós que não tivemos a oportunidade de visitar a feira ou os cursos, podemos consultar e estudar o material que os artistas da ILM, Dreamworks e outros grandes estúdios têm acesso.

Um desses cursos é sobre técnicas de iluminação global com Irradiance Cache.

Qual o motivo de aprender isso? Quando você acessar o material do curso, que está disponível em vários arquivos PDF nesse link perceberá que tudo é relacionado à mecânica interna de funcionamento dos softwares de renderização. Sim, o curso fala sobre os algoritmos usados para fazer iluminação global.

A justificativa para aprender como esse tipo de coisa funciona é simples, se você vai trabalhar com isso é importante conhecer o funcionamento interno dos softwares, ao menos os conceitos. Sei que existe um abismo enorme entre o perfil de um desenvolvedor de software e um artista, que está mais interessado no resultado final das imagens.

Até já fiz uma pequena experiência nas minhas aulas, em que falava sobre técnicas de renderização. Antes de entrar direto no software abordado, comecei a falar sobre os tipos de algoritmo e técnicas usadas para gerar essas imagens, como o Irradiance Caching, Photon Mapping e Path Tracing. O resultado foi terrível! Tanto que nunca mais fiz isso, passo direto para a parte da interface dos softwares.

Depois que você estuda mais esse tipo de ferramenta, percebe que essas técnicas existem desde 1988, sendo apresentadas na própria Siggraph. A maioria, ou pelos menos, grande parte das ferramentas de renderização hoje usam alguma derivação do Irradiance Caching para gerar iluminação global. O próprio YafRay, a versão antiga e não o YafaRay, usa o Irradiance Caching para gerar esse tipo de efeito.

Pode parecer muita matemática, mas é importante para quem trabalha na área, ao menos um dia tomar ciência dessas técnicas. Isso complementa de maneira perfeita o conhecimento com Script, para quem sabe um dia você possa desenvolver suas próprias ferramentas e Scripts para necessidades especiais em projetos. Essa é a beleza dos softwares de código aberto como o Blender, YafRay e LuxRender.

Assim que você estuda esses algoritmos, uma consulta ao código fonte dessas ferramentas permite encontrar um exemplo que funcione na prática!

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *