Cinema 4D R11: Com várias novidades e melhorias na renderização

A Maxon está preparando para esse mês uma grande atualização da sua suíte de animação 3d e modelagem, o Cinema 4D. O Cinema 4d não é a ferramenta mais usada para produção de conteúdo aqui no Brasil, mas na Europa ele é muito forte, talvez pela Maxon ser uma empresa alemã. A nova versão do cinema 4D apresenta algumas novas ferramentas interessantes, e a promessa de oferecer aos usuários de sistemas Apple a possibilidade de usar todo o poder de processamento do Leopard, em 64 Bits, na renderização e operações que demandem grande quantidade de memória.

O anúncio da atualização foi feita na Siggraph 2008, em que a Maxon divulgou um vídeo muito interessante, demonstrando as novidades e atualizações da ferramenta. Esse vídeo foi “acidentalmente” disponibilizado antes da data de lançamento por algum funcionário da Maxon no Youtube. Digo isso, pois na data em que o vídeo foi lançado pela primeira vez, eu consegui assistir ao mesmo, sendo que dois dias depois o material foi misteriosamente removido do Youtube, para ser republicado apenas na semana passada.

O vídeo é bem instrutivo e mostra várias das melhorias do software:

A primeira coisa que chama a atenção no vídeo é o desempenho do render, que segundo o próprio narrador fala, praticamente é cortado pela metade nessa nova versão. Em uma comparação direta, uma mesma cena renderizada no Cinema 4D 10 e no Cinema 4D 11, podem variar de 3 minutos para 1 minuto respectivamente. Se isso for verdade mesmo, é um ganho de desempenho fenomenal em termos de performance.

Ainda na parte de renderização, o vídeo demonstra alguns exemplos criados com a nova engine de iluminação global e renderização avançada da versão 11. Mas, não foi apenas a renderização que sofreu melhorias, os interessados em animação de personagens com o Cinema 4D, ganharam muitas ferramentas para otimizar o processo de ajuste.

Por exemplo, uma ferramenta muito parecida com as camadas de animação do Maya 2009 foi adicionada, além da opção chamada Ghost, que permite ao animador visualizar múltiplos frames da animação. Quem usa o Flash para animação 2d deve conhecer bem esse recurso, que lá se chama Onion Skin. O Blender já conta com essa ferramenta Ghost já faz umas duas versões.

E para finalizar, o Cinema 4D agora tem uma opção parecida com o Grease Pencil do Blender, que permite ao artista desenhar e fazer anotações na interface.

Quer conhecer um pouco mais os trabalhos desenvolvidos com o Cinema 4D? Esse é o Demo Reel da Maxon para o Cinema 4D, apresentado na Siggraph 2008:

Para quem usa essa ferramenta, a atualização parece valer a pena, principalmente na parte de renderização, que ganhou melhorias significativas. Assim que uma versão de testes estiver disponível (Trial), tento fazer alguns testes e publicar os resultados aqui no Blog.

Se você quiser saber mais sobre essa nova versão, recomendo uma visita ao web site da Maxon.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

3 comentários sobre “Cinema 4D R11: Com várias novidades e melhorias na renderização”

  1. Ola caros amigos…
    Alguem pode me dizer se existe alguma loja no Brasil que eu possa comprar o C4D R11 Completo?

    Obrigado

    Raúl

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *