Dicas para trabalhar com animação 3d para jogos

Todos que trabalham com animação ou computação gráfica 3d, gostariam de um dia começar a trabalhar ou participar de um grande filme, ou projeto de animação como os realizados pela Pixar ou Dreamworks. Mas, o futuro desses profissionais pode estar em um mercado muito maior que a própria indústria do cinema, e que consome de maneira ávida material de animação. Estou falando da indústria de jogos, que sempre precisa de material relacionado com animação 3d, para ilustrar o enredo dos jogos e até mesmo para fazer parte do material que é usado nos jogos mesmo. Afinal de contas, um jogo pode ser considerado uma animação interativa.

O que é necessário para trabalhar para uma produtora de jogos? Ou quem sabe abrir a sua própria empresa para prestar serviço para essas empresas? Com a onda de Offshoring crescente nessa indústria, e com a crise financeira forçando as empresas a diminuir cada vez mais os custos, pode apostar que a procura por locais em que o custo de produção é menor, vai aumentar ainda mais. Quer outro motivo? Com o dólar a quase 2,50 a contratação de profissionais em países como o Brasil, fica ainda mais barata.

Mas, o que é necessário para trabalhar nessa área? Quem quiser um depoimento de uma pessoa que migrou da área de animação para filmes, e partiu para a área de jogos, pode conferir as dicas e depoimento do Cameron Fielding que escreveu um ótimo artigo no seu blog, chamado Flip, sobre esse o trabalho de animação para jogos.

Se inglês não for o seu forte, aqui você encontra uma tradução automática do Google.

Keytoon Animation Studio 04

Alguns pontos do artigo que merecem destaque, os que falam sobre as características e diferenças da animação tradicional.

  • Você precisa compreender o que é realmente importante em uma animação para jogos
  • Você não precisa ser um viciado em videogame para conseguir trabalhar nessa área
  • Você não precisa ter um diploma para conseguir um emprego nessa área
  • Não é necessário ser especialista em softwares como 3ds Max, Maya ou Softimage para conseguir um trabalho

O que é necessário então? Um bom portfólio! Nessa parte concordo completamente com o autor do artigo, em alguns momentos um bom portfólio junto com uma entrevista bem sucedida, pode abrir qualquer porta em produtoras. Por isso é que sempre falo para meus alunos investirem em praticar, com o intuito de adicionar esse material nos seus respectivos portfólios, ou como os artistas costumam chamar, o seu Demo Reel.

Para todos que pretendem levar essa atividade para algo mais que apenas um hobby, recomendo a leitura do artigo. Mesmo a tradução automática está boa, com apenas alguns erros de concordância, como de costume.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

4 comentários sobre “Dicas para trabalhar com animação 3d para jogos”

  1. Allan, brigadão pelo link.

    Eu assisti a uma palestra dele (Cameron Fielding) e o resto da Propaganda e eles são excelentes. O trabalho deles em Turok até hoje me serve de inspiração.

    Fiquei surpreso de saber que o blog era dele.
    Realmente vale a leitura!

  2. ola eu sou a kimebrly oliveira valiatte ferreira e eu jogo ths sims e secondlif todos os dias e noites e muito bom jogar eles eu tenho eles baixado do meu pc eu amoooooo o secodlif e o thsims e tbm o ahbbo eu jogo eles todos os dias e noites eu so jogo eles!!!!!!!;D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *