Qual a melhor versão de software 3d para começar a estudar?

Dentre a maioria dos e-mails que recebo aqui do blog, com dúvidas sobre softwares 3d, uma pergunta tem aparecido com mais e mais freqüência na minha caixa de entrada. Pelo que parece, essa dúvida foi motivada pelos recentes artigos que publiquei aqui no Blog, com a nova interface do Blender 3D, que está sendo planejada para a versão 2.50 do software. As dúvidas estão relacionadas à facilidade com que será possível migrar de softwares, com mudanças tão drásticas na interface dos mesmos. Por exemplo, vale à pena estudar Blender 3D agora com essa mudança na interface, planejada para as próximas versões?

Antes de responder a essa pergunta, me permitam explicar que isso é muito relativo e está diretamente ligado com o seu objetivo em aprender um software 3d.

Uma coisa que muita gente ainda acredita ser verdadeira, é que a maioria das empresas que trabalha com softwares 3d, sempre utiliza as últimas versões dos softwares. Isso é uma ilusão, pois a maioria das empresas está interessada mesmo em produzir conteúdos, como animações e imagens. A parte do software é o meio apenas.

Ainda conheço alguns artistas que usam o 3ds Max 8 como software, pelo simples fato dessa versão atender a todas as suas necessidades criativas.

Sem mencionar o fato de uma atualização de software, principalmente no que se refere a ferramentas 3d, demandar uma atualização de hardware também.

No caso do Blender 3d as coisas são um pouco mais complicadas, pois é muito fácil atualizar o software. Já que ele é totalmente gratuito, basta visitar o web site e fazer o download.

O que você precisa entender ao estudar esse tipo de software é a função de cada ferramenta, para poder se adaptar a qualquer software. O botão extrude está presente em softwares como o Blender 3D, 3ds Max, LightWave, Maya, Softimage e Cinema 4D. Mesmo não tendo usado nenhuma dessas ferramentas, sabendo o que faz o extrude, você saberá quando e como usar ele. Esse é o segredo!

Quando um dos meus alunos me fala que recusou uma proposta de emprego, por não conhecer o software que a empresa usa, eu geralmente digo a ele que em tom de sermão, que esse tipo de oportunidade não se perde por conhecimento de software. Você pode muito bem se adaptar a qualquer software 3d, contanto que a parte básica dos softwares 3d esteja bem fundamentada.

A moral da história? Pode estudar qualquer software hoje mesmo, e não se preocupe com as atualizações, elas são inevitáveis, mas é o seu conhecimento dos fundamentos da computação gráfica 3d que devem determinar a facilidade com que a adaptação, a novas interfaces e softwares será realizada.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

20 comentários sobre “Qual a melhor versão de software 3d para começar a estudar?”

  1. Dentre outras, essa foi um dos melhores posts até hoje! Adorei Allan. Parabéns!

  2. ACho que a obrigatoriedade de usar o último software é de cursos pois se deve aprender sempre a última ferramenta e com ete mesmo pensamento entramos na tal democratização da cultura.Nem todos os softwares possuem PE e aí entra o fantástico mundo do compartilhamento de arquivos mas isso é outra história.

    Acho que no país que vivemos há a necesidade de levarmos em conta na hora de estudar os softwares utilizados no mercado pois sei muito bem que se uma empresa usa o 3ds max não adianta aparecer com trabalhamos em Maya ou Blender ou o q for senão o Max.Aqui no RJ as empresas em sua maioria usamo o max.

    Adaptar-se? Acho que devemos ter como prioridade o aproveitamento do sistema pois a sobrevivência é o principal objetivo.

    Ou abra uma empresa usando o XSI e tente arranjar pessoas com o mesmo conheciemento.SE achar um abraço se não achar o que fazer?

    Pegar o software de mercado em seu estado e gastar mais dinheiro.Em outro país talvez seja diferente.

    Abraços

  3. Pingback: Qual o Software 3D devemos estudar « netCAD 3D
  4. Quem aprende primeiro o Blender, e depois se depara com uma interface como a do 3d max fica realmente perdido!!
    Eu ja modelo algumas coisas no blender , mas quando tentei algo no 3d max, vi que interfaces precisam ser estudadas com atenção, se perde muito tempo pra achar a mesma função usada em um software para outro !! o melhor e aprender e aperfeiçoar um software completamente!! pra depois dar uma olhada em outro !!

  5. E por falar em estudar allan !! ta dificil conseguir seu livro aqui no Espirito Santo !! ja procurei em varias livrarias , como vem pouco pra eles , vendia imediatamente! ! ou nem chegou ainda , e e livraria grande !! como to sem cartao de credito , na net tambem nao da !! to muito ancioso pra ter o livro !!

  6. Leonardo sant´ana de souza quanto ao livro do Allan consegui ele comprando pela livraria saraiva atraves do site por boleto bancario , paguei nas casas lotericas ta por vir essa semana agora. Tranquilo a Saraiva se quer saber.

    Bom quanto as atualizaçoes em softwares 3d eu particularmente fico no meio da cerca quanto a isso , por exemplo pode haver uma função nova onde facilita um trabalho que antes na versão anterior não tinha. E ai que mora o perigo , ou talvez um upgrade de um recurso onde te facilita 1000 vezes que a versão anterior , realmente é um bom artigo , creio eu tb que nenhuma empresa vai ficar pagando rios de dinheiro pra ter um software de ultima geração ainda mais que a gente ver atualizações constantes.

    Eu particularmente nem sei como discutir esse assunto, creio eu que sempre as atualizaçoes é para facilitar a vida do usuario de tal ferramenta.

  7. faz sentido Guilherme !! e a velocidade que estao essas atalizações, ta dificil acompanhar !! quanto ao livro, valeu a dica , vou dar uma olhada no site da livraria !! valeu!!

  8. Leonardo sant´ana de souza não é apenas na questão do profissional em se atualizar com as melhores ferramentas (O mercado de trabalho sempre exige isso), tem tb o tal suporte que dependendo da empresa depois de uma versão do software eles não dão mais. Exemplo , veja o exemplo agora a pouco , acabei de instalar o maya 4.5 PLE , e adivinha o que me aconteçeu??? expirou o meu software e foi a unica versão do maya que tenho aqui para estudo. Essa versão nova de 30 dias???? maior roubada isso…

    Olha como vou estudar um software 3d assim dessa forma???? Realmente depois desse artigo ate que me empolguei um pouco mais a realidade é completamente diferente daquilo que o mercado pede .

  9. Oi Pessoal,

    Apesar da polêmica, o melhor caminho a seguir é compreender o processo e não o software apenas. A discussão sobre o mercado de trabalho é muito rica, mas vocês estão falando apenas da fase inicial do contato com as empresas.

    Imaginem que um artista 3d está em uma produtora, ele domina o Maya 8.5.

    Em um belo dia, o seu diretor de criação diz que o parque de softwares e hardware será atualizado para o Softimage XSI. O que o artista faz? Pede demissão?

    Claro que não! Ele vai aplicar os seus conhecimentos e tentar se adaptar ao ambiente do Softimage, ou qualquer outro software.

    Se tem uma coisa que tem muito valor hoje, e isso é dito em praticamente todos os cursos de empreendedorismo, é que uma das competências mais valorizadas no mercado é o “saber aprender”.

    Quem concorda?

  10. Deixa ver se entendi !? Adquirindo conhecimento sobre “3D”, ne um contexto geral é claro, as feraamentas e softwares 3d são como veiculos que recisamos aprender a guiar, cada um com seu estilo recurso ou tamanho, mas com o mesmo princípio e usados para chegar a caminhos as veses diferentes !! e como moto e carro !! mais ou menos isso ou escrevi asneira !! mas concordo plenamente com voce Allan !!

  11. Allan Brito particularmente fico com um pé atras sobre essa questão , o caso é não discordo que o profissional na informatica ele tem que se adaptar aos meios, isso independente se é na area de CG, programação , ou qualquer outra area. Acho que se estamos nessa area é pra arregaçar as mangas e dar o melhor de si. Se entramos nesse meio sabiamos das consequencias. xP

    Então quer dizer vamos supor que eu queira aprender Maya ,porem o software que temos agora é uma versão trial , mais eu tenho o livro (Aprendendo Autodesk Maya 2008 – Modelagem e Animação – Com DVD) , ai quer dizer eu vou sentar ler ele e fazer uma especie de “tradução” para o Blender ,(pois é um software livre) e fazer uma adaptação a lá blender????? Eu posso afirmar que se eu aprendo Blender bem eu estou aprendendo o Maya bem tb??? (Nesse caso o conteudo desse livro????)

    Se for isso eu aprendo apenas o Blender e não me preocupo com o resto dos softwares 3d que temos hoje em dia e nem das novidades, é que nem quando a gente aprende logica de programação , aprenda a programar uma vez e se adapte a sintaxe da linguagem como por exemplo pascal , C , C++ , C#, etc.

    Se for isso pra mim estar bom.

  12. Ah esqueçi de uma coisa , acho que os livros de CG deveriam ser mais basicos . Como assim mais basicos???? quando a gente vai numa livraria virtual ou normal(No sentido de ir na loja) e pegamos por exemplo um livro de Maya lá da vida , sempre ta assim algo do genero “Aprenda Maya 8.5 e modelagem de personagens” , pq não fazer um livro ou pelo menos colocar o titulo , “Aprenda Maya e modelagem de personagens” sem colocar o bagulho da versão do software????

    Quer dizer , quando vc vai comprar um livro tb fica com um pé atras , tipo vc fica com uma pulga atras da orelha , saiu a versão 2009 de Maya , mais tem o livro com a versão 8.5????

    Quem nunca teve essa senção estranha de tar aprendendo algo , mais ta incompleto????

  13. Eu deixei de comprar o livro do blender 2ª edição, que tinha na livraria , pra esperar a 3ª edição achando que fazia sentido porque o blender foi atualizado , com novas funções!! Acabei ficando sem os dois !!

  14. Aprender um software em pouco tempo é suicídio – o melhor é aceitar a derrota temporária. Ao saber da mudança no parque gráfico procure um outro emprego pois alguns softwares exigem muito tempo de aprendizado para realmente fazer “algo” aceitável nele ou corra contrao tempo e seja brasileiro – o melhor sem dúvida.

    E em relação de aprendizado modelagem é modelagem,animação tb..a ferramente é como irá demonstrar isso..conceito é conceito.

  15. Acho que a discussão está perdendo um pouco o foco.

    A parte importante é conhecer e entender o funcionamento do software. Quem sabe modelar com NURBS ou subdivisão no 3ds max, vai ter uma boa idéia de como funciona o processo em outro software. Basta localizar e comparar onde estão as ferramentas.

    O exemplo do Guilherme se aplica muito bem nesse caso, é exatamente a mesma coisa com lógica de programação. Quem entende bem a lógica, pode desenvolver em qualquer linguagem, desde que saiba as funções, operadores e classes dessa linguagem.

    A migração não é imediata, mas ajuda muito saber o conceito.

    Agora, no caso do comentário do Arnold não é necessário mudar de emprego cada vez que os softwares gráficos são atualizados. Se fosse assim, teriamos altos níveis de desemprego sempre que algo novo fosse lançado.

    Para o Leonardo, no seu caso se você for investir em treinameno como um livro, vale a pena esperar um pouco mais pelo material atualizado. Claro, se você tiver conhecimento que será lançado em pouco tempo algo melhor. Nesse caso é questão de conveniência mesmo.

    Abraços

  16. Leonardo sant´ana de souza Queria comentar se vc estar procurando pelo livro do Allan vai na livraria saraiva e compra caso tenha urgencia.

    O meu acabou de chegar algumas horas atras. xP

  17. Guilherme!! Valeu a dica, mas acabei por encomendar em uma livraria aqui na minha cidade , lvraria Logos , chega de oito a dez dias !! Mas queria que vc desse a sua avaliação , pelo menos superficialmente do livro para iniciantes como eu! A proposito, se tem agum capitulo sobre essa ferramenta ShinkWrap, que o allan publicou !!

  18. Leonardo sant´ana de souza apesar do livro estar desatualizado logo de começo ja vi a desatualização (Não lembro a parte exatamente mais é logo no começo do livro, tem uma opção que no livro so fala de 3 e essa versão do blender agora tem uma quarta opção) dar pra usar sim o livro pra essa versão atual do Blender tranquilamente.

    Tem na net sobre os capitulos do livro , mais eu acho que não tem essa parte não, e coisa nova isso ai(Não posso afirmar).

    Outro livro que comprei tb e vi que dar pra fazer a adaptação foi esse livro :. Aprendendo Autodesk Maya 2008 – Modelagem e Animação – Com DVD , veio hoje . Eu ainda não li só passei um olho , mais vi que o livro é bom e legal , explica bem , não vi ele detalhadamente , mais explica passo a passo. Vem tb com um DVD xP

    Os dois livros vc pode encontrar uma parte na net na livraria como demonstração(Tem que procurar no google)

    O link caso queira dar uma olhada esse livro do Maya é:

    http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=2590033&ID=BD18469D7D80C0813312C0867

    Quanto ao livro do Allan nada que um tutorial não resolva informando as novidades desse blender , ja que o livro dele ja ta fazendo grande parte do trabalho em explicar.(Ta um basicão mesmo, explica o necessario)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *