Clicky

Tutorial de mapeamento UV com Blender 3D para uso no Indigo Render

Os avanços e novidades constantes no Indigo Render fazem com que seja um tanto quanto complicado, principalmente para artistas 3d acompanhar a evolução das suas ferramentas. Todos que conheço mostram grande interesse em aprender o seu funcionamento, mas quando comento que para usar de maneira eficiente seus recursos é necessário conhecer o código usado para exportar as cenas, e fazer uso dos recursos ainda ausentes nos scripts que exportam as cenas de softwares como o Blender 3D e 3ds Max, os artistas declinam do uso imediatamente. Com a ressurreição do YafRay, agora achamado oficialmente YafaRay, o interesse pelo Indigo começa a diminuir. Mas, ainda acredito que as tecnologias e métodos de renderização fazem ambos os softwares ótimas opções para artistas baseados no Blender 3D.

O uso de materiais texturas sempre foi um tema um tanto quanto complicado no Indigo, principalmente pela exigência em usar texturas com mapeamento UV para que os objetos sejam renderizados de maneira correta. A técnica do mapeamento UV para texturas é muito importante, mas alguns artistas iniciantes ainda não tem total domínio da técnica e ficam limitados à criar apenas cenas com cores sólidas.

Existem dois excelentes tutoriais nos fóruns do Indigo que mostram ao mesmo tempo, a integração do Blender com o Indigo no uso de texturas, assim como a técnica e ferramentas necessárias para criar esse tipo de mapeamento. Os tutoriais são os seguintes:

  • Tutorial sobre configuração do Blendigo para texturas UV (Render com Indigo)
  • Tutorial para criar mapeamento UV no Blender 3D

O primeiro tutorial é mais antigo e ainda aborda do Indigo 1.0.9 e o Blender 2.46. Apesar de ser muito bom, o tutorial apresenta apenas a integração entre o Blender 3d e Indigo. Já com o segundo tutorial, mais recente e direcionado apenas para o Blender 3d, sem menção ao Blendigo ou Indigo, você pode aprender de maneira bem simples o processo de configuração das texturas com a versão 2.48a.

Para esse tutorial o autor usa como exemplo um modelo 3d de um pneu. Todo o processo é descrito e exemplificado com imagens, desde a seleção e edição dos seams até o alinhamento da textura UV. Os seams são arestas especiais que devem ser marcadas para que a malha do modelo 3d seja aberta. A maneira com que essas arestas são selecionadas e marcadas é determinante para o sucesso e facilidade do mapeamento. Caso o artista escolha arestas que não formem um corte limpo e claro na malha, o resultado será um mapa de textura dividido e difícil de trabalhar.

Os tutorial são indicados para quem trabalha, ou quer trabalhar com o Indigo, mas também aos artistas interessados em aprender mais sobre texturas no Blender 3D.

2017-04-11T10:33:11+00:00 By |Blender 3D|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário