Mais um excelente tutorial sobre animação 3d foi publicado pelo projeto Guerrilla CG, que tem como objetivo publicar material relacionado com aspectos básicos de animação 3d e modelagem. Dessa vez o tema é uma continuação de um tutorial lançado no final do ano passado, sobre os problemas com rotações de objetos. Caso você não esteja lembrado, o vídeo abordou o uso de rotações usando Euler e Quarternions. Agora eles explicam em detalhes o funcionamento das rotações usando Euler, que é a maneira com que a maioria dos animadores e softwares 3d trabalham, com rotações usando três eixos distintos X, Y e Z.

O tutorial pode ser encontrado no web site de projeto ou também no Vimeo.


Euler Rotations Explained from The Guerrilla CG Project on Vimeo.

Um aspecto interessante em relação a esse tipo de sistema de rotação, usando os eixos X, Y e Z está relacionado a organização dessas rotações de maneira semelhante a uma hierarquia. Sim, nas rotações 3D os eixos giram em ordem definida. Essa é uma das causas dos problemas gerados por esse tipo de sistema em rotações.

O vídeo começa explicando muito bem o funcionamento do sistema de rotação, com a demonstração de um objeto chamado de Gimbal. O fenômeno conhecido como Gimbal Lock acontece quando os planos de rotação se cruzam. Por exemplo, quando os eixos Y e Z se cruzam e as modificações aplicadas em Y ou Z resultam na mesma rotação para o objeto.

Como o sistema funciona com base em hierarquias, os problemas começam a acontecer nesse momento!

Imagine a seguinte situação, você está animando um objeto apenas alterando os ângulos de rotação em Y e Z. Por um breve momento acontece o Gimbal Lock, no qual você acaba alterando os ângulos de rotação em Y, sem se preocupar com a orientação no eixo Z. Logo depois que o eixo Z precisa ser alterado a surpresa aparece, e o objeto realiza um movimento estranho, começando a animação de um local diferente e perfazendo uma trajetória curva ao invés de uma linha reta.

Acredito que essa pequena explicação deixou clara a confusão em que isso pode se transformar, com um editor de curvas cheio de pontos e um animador desesperado, tentando descobrir o motivo do movimento estranho.

Esse tipo de assunto é de vital importância para as pessoas interessadas em trabalhar mais a sério com animação, pois é um problemas técnico comum em animações de personagens e objetos. O simples conhecimento do mesmo, pode ajudar muito nas horas em que é preciso investigar as causas de movimentos estranhos nas animações 3D.

Recomendo que você assista e guarde o vídeo nos seus favoritos!