AutoCAD 2010: Usando a nova ferramenta de desenho por constraints

Uma das coisas mais fascinantes que encontramos na computação gráfica é que existem diferentes métodos e seqüência, para realizar a mesma tarefa. Dependendo do que você queira fazer em termos de desenho 2d ou modelagem, cada pessoa consegue o mesmo resultado visual perfazendo caminhos ligeiramente diferentes. Esse tipo de comparação pode ser acompanhada nesse artigo que propõe uma análise das novas ferramentas do AutoCAD 2010, para ser mais específico os constraints de desenho 2d. Esses constraints funcionam de maneira muito parecida com os constraints usados para animação 3d, em que podemos determinar que uma entidade de desenho assuma alguns comportamentos ou limites de transformação.

Por exemplo, podemos determinar que uma polyline sempre copie as alterações de escala sofridas por outra polyline semelhante a ela. Assim, quando parte do desenho for modificada, as outras partes que estão conectadas pelos constraints são alteradas junto.

Qual o benefício em usar esse tipo de ferramenta? É exatamente essa a pergunta que a autora do artigo indicado tenta responder. Ela lançou um desafio no seu web site, em que a mesma tarefa de edição deveria ser realizada em diferentes versões do AutoCAD sem o uso dos novos constraints. O resultado, que está disponível em vídeo no web site da autora foi que a ferramenta do AutoCAD 2010 economiza quantidade significativa de cliques.

autodesk-autocad-2010-constraints

As soluções apresentadas tiveram variação significativa de 18 cliques até 36 na mais complicada. No AutoCAD 2010 a mesma edição necessitou de 15 cliques incluindo a configuração dos constraints, e depois que a ferramenta está configurada e as entidades de desenho conectadas, bastam apenas 3 cliques para realizar a operação.

Para os profissionais que trabalham com edição repetitiva de entidades de desenho técnico, esse tipo de ferramenta pode economizar muito tempo de edição. Quem já usa ferramentas de modelagem paramétrica ou com tecnologia BIM, não vai sentir tanta necessidade de migrar. Mas ainda é fácil encontrar empresas e profissionais com versões mais antigas do AutoCAD, sem esse tipo de facilidade. Eles são alvo do marketing da Autodesk para o AutoCAD 2010.

O problema é convencer esse pessoal a fazer a migração para as ferramentas da Autodesk, com opções tão acessíveis e gratuitas como o DoubleCAD XT.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

5 comentários sobre “AutoCAD 2010: Usando a nova ferramenta de desenho por constraints”

  1. Pingback: AutoCAD 2010 - Usando constraints « netCAD 3D
  2. Parabéns novamente pelo trabalho, sigo vc no twitter e e-mail. Conheci e estudo blender desde 2009 através de seu site.
    Onde consigo tutoriais ou livros ou qualquer coisa que ajude a começar a aprender mais sobre o freecad?
    obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *