Blender 3D e o projeto GSOC 2009: Quais ferramentas podem surgir?

O projeto Google Summer of Code 2009 já está com suas inscrições abertas e o Blender 3D, assim como outros projetos de softwares abertos já começam a reunir idéias e projetos na sua comunidade de usuários, para submeter ao programa. Mas, o que é o Google Summer of Code? Essa é uma iniciativa do Google para promover a melhoria e desenvolvimento de novos recursos entre os diversos softwares de código aberto, em que estudantes de informática das universidades localizadas no hemisfério norte, que no meio do ano estão de férias, possam trabalhar nesse período no desenvolvimento de ferramentas e melhorias para projetos como o Blender.

Nos últimos anos o Google Summer of Code já trouxe inúmeras ferramentas e benefícios para o Blender, como os modificadores Bevel, ShrinkWrap e outros. O fato de m projeto ser aceito não é garantia que o mesmo seja finalizado dentro do prazo. Por exemplo, no ano passado tivemos um projeto que pretendia integrar o Blender com o Renderizador Freestyle, para criar imagens estilizadas. Apesar dos avanços feitos pelo autor do projeto, o mesmo ainda está em desenvolvimento e não há data para que seja finalizado.

Para conhecer a lista de projetos e idéias que podem ser submetidas para o SoC 2009, visite esse endereço na Wiki do Blender 3D.

Existe algum projeto que se destaca na lista? Na verdade, todos os projetos propostos são interessantes e podem ajudar em muito no uso de produção de conteúdo com o Blender 3D. Mas, a meu ver podemos destacar alguns deles, pois a sua implementação pode trazer algumas mudanças na maneira com que trabalhamos no software. Repare nos projetos que envolvem o uso de Nodes. Entre os projetos, podemos encontrar um deles que propõe o uso de sistemas de modelagem e modificadores baseados em Nodes, o que deixaria o Blender 3D muito parecido com o Houdini em termos de modelagem. Outro projeto que pode trazer a possibilidade de expandir as funções dos nós com o uso de scripts em Python.

Como é que isso pode mudar a maneira de trabalhar com o Blender? Para ter uma idéia de como funciona a modelagem no Houdini, veja o vídeo abaixo que é um exemplo de como os nós se relacionam com o processo de modelagem.

Se o projeto do SoC for aprovado e concluído, esse pode ser o futuro da modelagem 3d no Blender 3D. O único problema é que esse tipo de recurso requer conhecimentos avançados e pode dar muito trabalho, para a pessoa que se dispuser a enfrentar o projeto. Repare no vídeo que o artista usa ao mesmo tempo o espaço 3d para modelar, e ao mesmo tempo que os objetos são modelados e transformados, a janela em que são exibidos os nós, recebem a nova estrutura. Por exemplo, ao aplicar um simples extrude ao modelo 3d, um nó correspondente ao extrude é adicionado a janela. Ficou curioso com a demonstração? A segunda parte do tutorial pode ser conferia aqui.

Outro ponto interessante sobre o projeto, algumas das idéias já envolvem melhorias para o Blender 2.50. Mas, as outras idéias listadas na página não fazem menção de como as ferramentas desenvolvidas podem ser incorporadas ao que já está pronto no Blender 2.50. Como será que esses projetos devem se relacionar com o futuro Blender 2.49 e o Blender 2.50? Ainda é cedo para dizer, agora só nos resta esperar até o dia 3 de Abril, quando a submissão de projetos é encerrada.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *