Tutorial de modelagem mecânica com o Modo 3D: Criando uma X-Wing

Entre os diversos softwares de modelagem e animação existentes no mercado, um dos que eu mais simpatizo é o Modo 3D. A maneira como o Modo 3D foi desenvolvido mostra que o mesmo foi criado com base em idéias e conceitos revolucionários. Caso você não conheça a história de como foi fundada a Luxology, que é a empresa responsável pelo Modo, apenas um pequeno resumo para que você fique contextualizado no assunto. Os criadores do Modo formaram até o início dessa década a equipe de desenvolvimento do LightWave 3D. Quando essa equipe propôs uma reformulação geral do LightWave, e as suas idéias e propostas foram todas recusadas pela Newtek, as pessoas envolvidas pediram demissão da empresa e formaram a Luxology, que em poucos anos lançaria o Modo.

Hoje o Modo é respeitado como sendo um dos softwares mais amigáveis para artistas 3d, sendo adotado por empresas como a Digital Domain e Pixar. Muitos dos modelos 3d que vemos em animações como o Wall-E, foram criados usando o Modo. O segredo do Modo é um conjunto poderoso de ferramentas para modelagem aliado a sua interface avançada.

Se você quiser ao mesmo tempo conhecer um pouco mais sobre o Modo e também aprender a modelar uma nave X-Wing do Star Wars, recomendo assistir a essa sequencia de tutoriais que estou indicando nesse artigo. Um artista 3d da Nova Zelândia está produzindo tutorials de modelagem no Modo, mostrando como é possível criar cada parte de uma X-Wing com grande riqueza de detalhes. O tutorial ainda está em desenvolvimento, mas já existem dez vídeos com aproximadamente 10 minutos cada, disponíveis para consulta. Isso já perfaz mais de uma hora e meia de tutorials, apenas para modelar o motor e as armas da nave.

Como o sistema de modelagem 3d do Modo é baseado em modelagem por subdivisão, podemos muito bem seguir as dicas do tutorial e tentar reproduzir o mesmo modelo 3d, em softwares como o Blender 3D ou 3ds Max. Basta que o seu software tenha suporte a modelagem por polígonos.

O tutorial também é interessante para quem está aprendendo a modelar em 3d, pois o artista começa o primeiro vídeo com a parte de pesquisa por referências. Isso mostra o quanto é importante ter algum tipo de embasamento para seguir, principalmente se a morfologia do objeto em que você está trabalhando não for do seu domínio.

Assim que mais vídeos forem publicados para completar o tutorial, publico aqui no blog. Por enquanto, fique com essa primeira parte do tutorial, que inclusive está disponível em 720p e pode ser assistida em tela cheia sem grandes deformações.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *