Clicky

Guia sobre as funcionalidades do YafaRay e Blender 3D

Um dos maiores desafios para os artistas 3d acostumados a usar o Blender 3D junto com o YafRay, foi a recente reformulação do software que mudou praticamente todos os conceitos e componentes do renderizador de código aberto. As mudanças foram tão grandes que é necessário reaprender todos os conceitos e configurações do YafaRay novamente, para poder trabalhar de maneira razoável com o renderizador. Caso você esteja querendo uma fonte de referência nova para o YafaRay, recomendo visitar uma página que explica de maneira detalhada vários conceitos e ferramentas do novo renderizador, inclusive fazendo referência ao script que exporta cenas diretamente do Blender 3D.

Existe apenas um pequeno detalhe a respeito do tutorial que pode desestimular um pouco a leitura, que é o fato de estar escrito todo em Francês. Mas, nada que uma tradução automática do Google não ajude. Você pode conferir o tutorial sobre YafaRay e Blender 3D traduzido nesse link, e o original sem tradução nesse outro link.

blender3d-yafaray-tutorial.jpg

Essa é a lista de itens que podemos encontrar bem explicados e exemplificados no artigo:

  • O que é o YafaRay?
  • Exportando cenas com o Blender 3D
  • Ajustes de câmera
  • Configurando a iluminação
  • Ajustando materiais e texturas
  • Métodos de renderização
  • Ajustes gerais de cada método de renderização
  • Suavizando as bordas com Anti-aliasing
  • Configurando o plano de fundo
  • Links úteis

As explicações em texto do artigo são excelentes e descrevem muito bem a função de várias das configurações do YafaRay. Mas, o que realmente chama a atenção no tutorial são as ilustrações e testes realizados pelo autor. Por exemplo, para testar as diferenças entre a renderização usando Photon Mapping e Path Tracing, você muito provavelmente vai acabar fazendo um render com cada um desses métodos, para comprovar a melhor escolha para a sua cena. Isso acaba gastando tempo e nem sempre esclarece as diferenças entre as configurações do render.

Pois, no artigo em questão o autor oferece diversas imagens associadas as explicações que já exemplificam bem as diferenças de configuração e ajuste para cada item. Sendo assim, a única coisa que você precisa fazer é interpretar as diferentes opções de render, para encontrar o melhor ajuste para a sua cena no Blender.

Caso você ainda esteja usando o YafRay, recomendo migrar para a nova versão o quanto antes, pois no Blender 2.50 não estará mais disponível o suporte ao antigo YafRay. Aquela opção no render para exportar a cena para o YafRay vai desaparecer.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário