Clicky

Blender 3D: Projetos aprovados para o Google Summer of Code 2009

Como você já deve estar sabendo, caso acompanhe as notícias aqui do blog, o Google Summer of Code 2009 estava para anunciar os projetos aceitos, para receber patrocínio do programa de incentivo ao desenvolvimento de softwares abertos do Google. O projeto funciona assim, um estudante faz uma proposta de projeto, visando desenvolver ou melhorar um software de código aberto, indicando um orientador mais experiente para o projeto, e o Google recompensa a realização do projeto com pagamentos em dinheiro. Claro que o projeto é realizado no período de férias no hemisfério norte, por isso se chama Summer of Code.

Essa semana o Google anunciou a lista com os projetos aceitos para cada um dos softwares e estudantes cadastrados, e assim como acontece em todos os anos o Blender 3D teve uma ótima participação, com seis projetos aprovados! Para conferir a lista oficial com as indicações dos estudantes e orientadores, visite o web site oficial do SoC 2009.

Quais foram os projetos aprovados para o Blender 3D? Quais impactos eles podem trazer em futuras versões?

SoC 2008

Esse ano a lista de projetos aprovados é a seguinte, os títulos foram traduzidos:

  • Melhorias no sistema de Raytracing
  • Reformulação do NLA para o Blender 2.50
  • Melhoria no suporte ao formato COLLADA
  • Pintura de luzes com Spherical Harmonics
  • Implementação de uma API para importação e exportação com Python
  • Melhorias na renderização em tempo real com OpenGL

Como você pode perceber, não existe nenhum projeto direcionado para modelagem 3d e criação, mas muitos direcionados para render e visualização. Um dos que pode trazer benefícios indiretos para o Blender, é o projeto que envolve a pintura de luzes com Spherical Harmonics. Em resumo, o projeto pretende criar no Blender 3D uma interface para pintar modelos 3d alterar imagens HDRI com base nessa pintura. Se esse projeto for concluído, muitos artistas que usam plataformas como 3ds Max, Maya, Cinema 4D e outros softwares deve começar a usar o Blender para esse propósito.

Todos os projetos devem deixar o Blender mais robusto e melhor de trabalhar. Com mais flexibilidade para importar e exportar modelos 3d, renderizar com Raytracing e visualizar cenas na 3D View com recursos da GPU, o Blender fica mais amigável e melhor visto por profissionais de computação gráfica 3D.

Agora precisamos ficar torcendo para que os estudantes consigam finalizar os seus projetos, pois o fato de ter sido aceito não significa que o mesmo será concluído. Hoje mesmo, ainda existem projetos remanescentes de 2008 que ainda não foram finalizados.

O Blender 3D não foi o único software aberto relacionado com computação gráfica com projetos aprovados, ainda foram listados na página do SoC 2009 projetos envolvendo GIMP, Inkscape, Scribus e Aqsis.

2017-04-11T10:32:01+00:00 By |Blender 3D|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário