Clicky

Blender 3D 2.50: Análise da interface e estado do desenvolvimento

Os usuários do Blender 3D acompanham cm muito curiosidade o desenvolvimento e notícias relacionadas sobre a evolução do tão aguardado Blender 2.50. O software ainda deve demandar um bom tempo de desenvolvimento para que possa atingir um nível mínimo de funcionalidade e possa ser avaliado em ambientes de produção, ainda mais com o anuncio do projeto Durian, que deve adicionar ferramentas e funcionalidades inéditas ao Blender. Por enquanto, ainda precisamos nos contentar com o lançamento do Blender 3D 2.49, que inclusive está em RC2 e com lançamento previsto para as próximas semanas.

Como sei que muitas pessoas gostariam de ter uma idéia ao menos de como está o desenvolvimento do Blender 2.50, fiz o download de uma versão experimental do 2.50 no graphicall.org em que já podemos visualizar algumas das alterações estéticas e funcionais na interface do Blender 2.50. Algumas dessas alterações na interface foram motivo de polêmica e muita discussão entre usuários mais novos, e algumas pessoas com mais experiência no Blender. Em minha opinião, as mudanças estéticas e funcionais foram positivas.

Depois de fazer o download dessa versão preliminar do Blender, gravei um vídeo em que faço uma breve descrição de algumas das mudanças na interface e algumas das ferramentas já disponíveis no Blender 2.50.

Blender 3D – Interface do Blender 2.50 from Allan Brito on Vimeo.

Como você deve ter percebido no vídeo, a organização principal da interface do Blender ainda é a mesma de sempre, e não deve atrapalhar ou confundir usuários mais antigos do software. A organização em janelas e conceitos como os modos de trabalho continuam lá.

Outro ponto positivo para as mudanças no Blender é a adoção de nomes mais generalistas para algumas janelas, como a aparição do Dopesheet. Essa mesma janela aparece em softwares como o 3ds Max e deve facilitar a migração de usuários para o Blender 3D. A parte que sofreu mudanças mais drásticas em termos de interface foi a organização dos menus na janela de botões, que recebeu uma reformulação complete que ainda está em andamento.

Ainda é cedo para dizer como é que o Blender 2.50 ficará em termos de interface, pois muita coisa ainda precisa ser adicionada. Poucos menus e apenas o cubo inicial podem ser manipulados, basta perceber no vídeo que ao passar o mouse sobre os menus, praticamente nenhum deles está habilitado.

Essa versão do Blender 2.50 que usei no vídeo, pode ser copiada nesse endereço. Ela já é um pouco antiga, se eu não me engano é do meio de Abril. Mas, caso você queira fazer seus próprios testes e avaliações, basta fazer o download e testar. Só devo alertar que essa é uma versão altamente experimental do Blender, você deve ter muito cuidado ao rodar softwares assim no seu computador.

Se você preferir, o vídeo também está disponível no youtube.

2017-04-11T10:31:49+00:00 By |Blender 3D|5 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

5 Comentários

  1. Leonardo santana de souza 12/05/2009 em 11:41 am

    Allan, com a chegada do 2.50 , voce pretende atualizar o livro ou lançar um especial para o “Blender 2.50”??. E bom ter um guia que explique como usar as funções novas e que facilidades elas trazem. Aguardo Algo! Abraço!!

  2. Vando 12/05/2009 em 12:04 pm

    Oh como é bom ver notícias do Blender 2.50, valeu Allan!
    Essa versão esta prevista para o fim ou começo do Durian?

  3. Allan Brito 12/05/2009 em 2:03 pm

    Oi Pessoal,

    Essa versão do Blender 3D ainda deve demorar ao menos 1 ano para ser lançada. Se o pessoal do Instituto seguir a risca o cronograma do Peach, sem nenhum atraso, o Blender 2.50 sai em Maio de 2010. Isso é apenas especulação, mas é a melhor comparação que podemos fazer agora, para ter uma idéia do período de lançamento.

    Sobre a atualização do livro, claro que farei uma atualização no Guia do Usuário. Mas, isso só deve acontecer depois que o 2.50 for lançado oficialmente. Só na metade do próximo ano.

    Abraços

  4. Rafa Pradella 24/05/2009 em 1:51 am

    Legal, ficou uma coisa muito mais “adobesca” (no bom sentido!) e realmente mais prático.

    Mas só em 2010!!! O que realmente é uma pena.

  5. Luiz Bianchini 16/12/2009 em 9:54 pm

    Alan Brito !
    Antes de perguntar lhe agradeço muuuito pelos tutoriais e dicas. ( voce é bom )

    Eu tenho um bom dominio no 3DS MAX, e resolvi me embrenhar no BLENDER por ser gratuito e ter game .

    Confesso que estou apanhando muito para modelar e pricipalmente as texturas que me parece muito complexas.

    Pergunto:
    -Tem como eu importar do 3dsmax para o blender objetos ja modelados e devidamente com texturas?

    -Tem algum plug ( se possivel gratuito ) que possa deixar o resultado do game mais leve. Pois eu fiz alguns testes e ficou muito pesado.

    Ti agradeço.

Deixar Um Comentário