Clicky

Preview do Maxwell Render 2 mostra render Unbiased mais rápido

Os softwares que funcionam como renderizadores externos podem literalmente salvar um projeto, atribuindo qualidades e aspectos de realismo, difíceis de alcanças com técnicas e ferramentas mais tradicionais. Entre esses softwares de renderização, encontramos os do tipo Unbiased, que são baseados em algoritmos e fórmulas que simulam de maneira fiel o comportamento da luz no mundo real. Isso acaba gerando renderizações e imagens extremamente realistas, mas por outro lado demanda tempos de render bem longos. A maneira com que esses softwares geram suas imagens ainda gera um pouco de confusão para as pessoas ainda acostumadas com o padrão de renderização do V-Ray, Mental Ray, Final Render e outros.

Esse padrão funciona com base em pequenos módulos de renderização, que geram a imagem final com base nos núcleos disponíveis para calcular a imagem. Nos renderizadores do tipo Unibased, temos o método de geração das imagens com base em refinamento constante. Funciona assim, você aciona o render e a imagem final já aparece na tela, mas com baixa definição e muito granulada. Aos poucos a imagem é refinada e o granulado vai desaparecendo. Todos os renderizadores do tipo Unbiased funcionam assim e podemos enquadrar nessa categoria o Indigo, LuxRender, FryRender e o Maxwell Render.

O maior problema desse tipo de software é o tempo demandado para gerar uma imagem de alta qualidade. Para a próxima versão do Maxwell Render, que ainda não foi lançada, a Next Limit promete uma grande melhoria na velocidade do render. Para demostrar essa melhora na velocidade, eles montaram um pequeno aplicativo multimídia que compara renderizações produzidas na versão 1.7 e na 2.0. (cliquei na opção Click here na direita)

maxwellrender2-unbiased-render

Em termos de qualidade e realismo no render, a versão 1.7 é exatamente idêntica em relação ao que está por ser lançado, mas a diferença no tempo de render é absurdamente alta. Em algumas das imagens é possível perceber uma melhoria de até seis vezes no tempo do render.

No que se refere à qualidade, podemos perceber como as imagens na versão 2.0 do software acabam ficando sem o famigerado granulado em muito menos tempo! Esse tipo de atualização é extremamente interessante para artistas que gostariam de usar esse tipo de tecnologia, mas acabam deixando de lado renders do tipo Unbiased por causa dos longos tempos de render.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Luxrender 0.6 RC3 « Victor Phellipe 13/05/2009 em 2:55 pm

    […] algumas corrigindo problemas, outras com o intuito de aumentar a velocidade (Falando em velocidade, leia isso!)… Vamos esperar para a versão final do LuxRender 0.6, só então eu vou migrar de vez para o […]

Deixar Um Comentário