Clicky

Mais um tutorial de Blender 3D e LuxRender: Renderização interna

Como a maioria dos usuários ainda não está ainda ambientada com o uso de configuração do LuxRender, para que esse funcione como opção de renderizador externo ao Blender. Resolvi fazer mais um vídeo sobre o assunto, mas agora em formato um pouco diferente. Nesse caso, o vídeo foi acelerado para ficar em formato timelapse, e mostra a modelagem de um pequeno ambiente interno com o posicionamento de uma fonte de luz e os ajustes do LuxRender para que a iluminação simule um dia de sol.

No vídeo, podemos acompanhar o uso de um dos melhores recursos do LuxRender para usuários que não precisam ou querem passar vários minutos configurando o renderizador, para apenas simular a luz do sol. Nesse caso, estou falando dos famosos presets, que são configurações prontas e disponíveis na parte superior do LuxBlend.

Getting started with Blender 3D and LuxRender from Allan Brito on Vimeo.

A parte de modelagem desse exemplo não apresenta nada de especial, sendo o objetivo principal do exemplo, apenas mostrar e simular um ambiente interno para que a luz do sol entre apenas pela abertura da janela. O lado do ambiente que ficou completamente aberto foi deixado assim para que não fosse necessário adicionar mais um tipo de material especial do tipo portal.

Esse tipo de material funciona como se fosse uma abertura invisível apenas para os raios de luz, permitindo que os mesmos saiam do ambiente e entrem no espaço, quando há fontes externas de iluminação. Um ponto interessante do tutorial, que muitas pessoas ainda se queixam em relação ao LuxRender é a configuração de texturas UV. Repare na configuração do material no LuxBlend, em que é indicado na área de ajustes do shader Diffuse o uso de um mapa do tipo Image, com o respectivo arquivo de imagem sendo também adicionando nessa configuração.

Depois que tudo está configurado, basta ajustar o tamanho do render e acionado o LuxRender para que a imagem comece a ser gerada. No final do vídeo, pode até parecer que o render está absurdamente rápido, mas nesse caso a velocidade do render se deve a magia da edição do vídeo, em que fiz vários cortes para mostrar apenas o progresso do render. Se você quiser seguir a mesma configuração, recomendo alterar as configurações do Gain e Turbulence da luz do tipo Sun, para conseguir efeitos diferentes.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

3 Comentários

  1. Allan 21/05/2009 em 11:53 am

    Vlw Allan,
    Era só disso que eu precisava.

  2. leonardo sant´ana de souza 21/05/2009 em 12:17 pm

    Senti falta das explicações que voce da durante o video , da pra pegar so olhando, mas fica mais claro quando voce explica. Mas ta otiimo, nao perdemos nada com a falta do indigo!! valeu Allan!!

  3. guilherme 22/05/2009 em 2:49 pm

    E ai Alan blz???? aproveitando o topico gostaria de saber o que vc sabe sobre blender +j2me sobre exportacao de arquivos pra jogos 3d no celular com estenção .M3G , e se tem algum tutorial pra isso.

    O site do Plugin caso não tenha conhecimento

    http://www.nelson-games.de/bl2m3g/default.html

Deixar Um Comentário