Clicky

Renderização em tempo real com o V-Ray e FryRender RT

O uso de GPUs para renderizar cenas em 3d em tempo real é cada vez maior hoje em dia, mas isso ainda se restringe a visualização de objetos durante a modelagem 3d e edição dos elementos em softwares de produção. Apenas quando o produto final era um jogo ou animação interativa usando uma engine independente é que os clientes e usuários finais podiam fazer uso desse tipo de tecnologia. Para fazer com que artistas 3d possa aproveitar de maneira mais efetiva as GPUs, e renderizar animações com velocidade bem superior a que temos hoje algumas empresas estão lançando soluções que usam tecnologias semelhantes as aproveitadas pelas GPUs.

Esse é o caso dos chamados renderizadores em tempo real que estão para ganhar o mercado com o V-Ray RT e FryRender RT. Ambos os softwares são versões modificadas dos renderizadores, para proporcionar ao artista 3d a possibilidade de interagir em tempo real com as suas animações 3D. Quer ver um exemplo? O vídeo abaixo é uma demonstração do que o FryRender RT pode fazer em termos de render em tempo real. Antes de assistir ao vídeo, devo alertar que existe um risco muito grande do vídeo o deixar impressionado.

first RC5 preview from RandomControl on Vimeo.

Ficou impressionado?

Isso é uma renderização em tempo real e não uma animação gerada de maneira tradicional, em que é necessário configurar keyframes e esperar pela criação de vários quadros durante alguns minutos, horas e até dias.

Como isso é possível? Segundo a descrição dos próprios desenvolvedores do V-Ray e FryRender o processo funciona da seguinte forma:

  1. O modelo 3d precisa ser criado de maneira tradicional em softwares como o 3ds Max, Maya ou outros.
  2. Depois ele é exportado e pré-computado nos renderizadores em tempo real.
  3. Quando a cena estiver calculada é possível usar um tipo de player, que vai abrir a cena e permitir que o usuário controle a câmera para navegar no cenário.
  4. Essa navegação pode ser exportada em vários quadros, resultando em seqüências de imagens.
  5. Basta usar um editor de vídeo para transformar a seqüência de imagens em arquivos de vídeo.

Essa pré-computação é bem semelhante ao que acontece em renderizadores que usam radiosidade, mas o resultado final é infinitamente superior. No futuro, esse será provavelmente o modelo de renderização adotado pela maioria dos softwares. Para que isso fique ainda mais rápido, é necessário que o desenvolvimento das GPUs continue no mesmo ritmo de hoje.

Qual a placa de vídeo usada para renderizar o exemplo mostrado no vídeo? Segundo as informações disponíveis no web site do FryRender RT foi uma ATI Radeon 4850. Essa é uma excelente placa.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Márcio Alexandre 27/05/2009 em 2:33 pm

    Uaol..
    Eu estava procurando algo a respeito já faz algum tempo até receber esta notícia como feed no meu e-mail ^^
    brigadão Allan, fica com Deus

Deixar Um Comentário