Clicky

Tutorial sobre grupos de luzes no LuxRender e Blender 3D para maquetes eletrônicas

Nos últimos dias tenho falado bastante sobre técnicas de renderização usando o LuxRender e o Blender 3D, para produzir material de qualidade em projetos de visualização arquitetônica. Uma das maiores dificuldades que escuto dos meus alunos e pessoas que começam a trabalhar com o LuxRender, é relacionada ao controle de tonalidade e intensidade da iluminação. Até a versão 0.5 do LuxRender era um pouco complicado de trabalhar com esse tipo de recurso, o que afastava os artistas do software e fez com que muita gente fosse usar o Indigo. Com o surgimento do recurso chamado de grupos de luzes ou Light Groups a coisa mudou completamente, e o gerenciamento de cores e intensidade de luzes no LuxRender ficou muito mais dinâmico.

Para mostrar de maneira prática o seu funcionamento e configuração, gravei mais um tutorial com uma demonstração da sua aplicação e efeito em uma cena que representa o interior de uma residência. Caso você queira fazer o download do vídeo, pode acessar o mesmo tutorial sobre grupos de luzes no Vimeo.

O cenário é apenas composto por paredes e piso que formam um interior bem típico de apartamentos. Para usar os grupos de luzes é necessário definir os objetos que devem iluminar o ambiente. Nesse caso são três os grupos usados:

  • Luz do sol
  • Spots embutidos no forro
  • Spots embutidos na parede recuada

O primeiro grupo de luzes é configurado no painel Cam/Env, em que é possível fazer ajustes para o ambiente e também na câmera. Quando escolhemos a opção Sunsky como sendo o tipo de plano de fundo para a cena, podemos determinar um nome para o grupo de luz que representa o sol. É interessante configurar uma luz do tipo Sun na 3D View para determinar a direção do sol.

Para as outras fontes de luz a configuração é feita diretamente nos materiais, pois os objetos que emitem energia luminosa no LuxRender devem ter um material do tipo Light associado a eles. Na configuração desse tipo de material é possível configurar um grupo. Todos os objetos que possuem esse tipo de material aplicado fazem parte do grupo.

Se você está se perguntando: o que é possível fazer com os grupos de luz? Entre os principais controles e ajustes que podemos fazer com os grupos estão:

  • Determinar a intensidade e cor da luz
  • Ligar e desligar uma luz

Isso mesmo! Com os grupos de luz é possível até mesmo ligar e desligar uma luz. Com isso o artista pode simplesmente desligar a luz do sol e gerar uma imagem iluminada apenas com luzes artificiais.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

4 Comentários

  1. Alejandro Soto 10/06/2009 em 11:14 pm

    This tutorial is one of the best examples to get in Luxrender, and this is a really cool feature that saves hours of tweaking light intensity, and other chromatic aberrations.

    After the one of the first post of Luxrender and light groups i did a test with spot lights (IES lights) having a array.
    Thanks a lot!

  2. Antonio Leite 12/06/2009 em 4:07 pm

    Excelente tutorial!! Grato por nos demonstrar as novas funcionalidades do Luxrender!!!

    Grato Allan!!

  3. Dedé 16/06/2009 em 10:49 am

    Você já tem um lugar no céu… rsrs
    Muito obrigado mesmo…

  4. Atualização do Blog « Entreter 07/09/2009 em 3:10 pm

    […] Tutorial Blender 3D: Criando grama realista com partículas […]

Deixar Um Comentário