Tutorial e guia sobre termos e técnicas de iluminação global com o Cinema 4D

Os diversos tutoriais e guias sobre renderização, usando técnicas de iluminação global são uma grande ajuda para qualquer artista 3d que precise melhorar a iluminação dos seus projetos. Mas, apesar da ajuda a maioria dos tutoriais se limita a explicar os procedimentos para configurar uma cena, e não explicam o funcionamento ou os conceitos usados por cada um desses recursos, para gerar essa iluminação. Apesar de o resultado final ficar realista, ainda acredito que é muito importante conhecer as diferenças entre aspectos mais teóricos da iluminação.

Por exemplo, você saberia explicar as diferenças entre os métodos de iluminação Path Tracing e Photon Mapping? Ou melhor, Irradiance Cache? Esses são termos bem comuns de encontrar nos painéis de configuração de softwares e renderizadores, como o V-Ray, Mental Ray, YafaRay e LuxRender. Se você quiser aprender um pouco mais sobre o funcionamento desses métodos de renderização e ainda conhecer o funcionamento do Cinema 4D para renderizar com essas técnicas, existe um tutorial de renderização com iluminação global no Cinema 4D dividido em três partes, que explica os conceitos de duas técnicas importantes na iluminação global: Quasi Monte Carlo e Irradiance Cache.

tutorial-cinema-4d-iluminacao-global-irradiance-cache

A primeira parte do tutorial fala basicamente da técnica conhecida pela sigla QMC, que é muito usada nas configurações do V-Ray para gerar iluminação. Além da explicação teórica de como funciona o método e também de uma excelente explicação sobre outros parâmetros de configuração do render, ainda é possível visualizar diversos exemplos com imagens renderizadas com os parâmetros descritos no texto.

Já a segunda e terceira partes do tutorial são focados no método chamado Irradiance Cache que está presente em diversos softwares também. Esse é um poderoso método para reduzir o tempo de processamento das cenas que usam iluminação global. Com ele é possível armazenar boa parte das informações de distribuição da luz em arquivos externos a cena, o que faz com que o tempo de renderização para cenas com animação seja reduzido drasticamente. No tutorial é possível acompanhar o processo de configuração de diversas cenas de exemplo com o uso de Irradiance Cache em conjunto com o Quasi Monte Carlo também.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *