3ds Max e VRay para design de interiores: Tutorial completo de iluminação

A configuração de uma cena interna para representar projetos de design para interiores sempre é complicada, dependendo do software usado e dos requisitos necessários para a conclusão do projeto, precisaremos dedicar um bom tempo a configuração geral da iluminação, assim como caprichar nas técnicas de pós-produção para retirar qualquer tipo de imperfeição. Uma coisa que não existe em computação gráfica, principalmente em iluminação de ambientes é a chamada “receita de bolo”. É muito complicado aproveitar o mesmo tipo de configuração em todos os projetos e situações, pois as variáveis presentes em cada projeto são muito diferentes e alteram significativamente o resultado final.

Mas, existe um tipo de configuração que pode ser usada como base em todos os projetos, especialmente se você adotar o VRay no 3ds Max como software de renderização. O truque é bem simples e envolve criar uma VRay Light em cada janela existente no ambiente para simular a entrada de luz vinda de fora do ambiente, e caso seja necessário adicionar outra VRay light em forma de esfera dentro do ambiente para ajudar na iluminação. Essa é um técnica que aprendi logo no início das minhas experiências com o VRay.

Caso você nunca tenha realizado esse tipo de projeto no 3ds Max e VRay, encontrei uma série com três tutoriais em vídeo que mostra o processo completo de configuração da iluminação, partindo do modelo 3d e chegando até a configuração da iluminação e render no VRay. Só para ter uma idéia de como funciona o tutorial, essa é uma amostra do terceiro último vídeo que apresenta o final do tutorial, em que a iluminação já está quase pronta e o modelo 3d criado.

3DS Max Vray Tutorial : Interior Setup (Part 3) from Designers Lust on Vimeo.

Para assistir ao primeiro e segundo vídeo, use os links abaixo:

A única coisa que não ficou muito bem configurada no tutorial foi a reflexão do piso de madeira usada no tutorial, pois o resultado apresentado no exercício mostra muita reflexão, fazendo com que a superfície tenha uma aparência de ser material tipo plástico.

Fora o detalhe da textura, a técnica pode ser reproduzida em quase todos os ambientes internos que usam o VRay para render. Claro que é necessário fazer pequenos ajustes, mas nada que alterações nos parâmetros das luzes não possa resolver.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um comentário sobre “3ds Max e VRay para design de interiores: Tutorial completo de iluminação”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *