Python agora oficialmente no Cinema 4D

Entre as diversas opções de trabalho em ambientes que envolvem o trabalho com computação gráfica 3d, a que mais gera demanda em estúdios e produtoras de médio ou grande porte é a capacidade de criar ferramentas personalizadas. Por exemplo, se para um determinado projeto você precisa trabalhar com animação de coisas repetitivas como trens e vagões, seria excelente ter uma ferramenta que já criasse os trilhos e depois ajustasse a trajetória de animação do trem sobre os trilhos. Isso é o ideal, e não a criação manual de todo o conjunto. Para conseguir esse nível de sofisticação é preciso conhecer alguma linguagem que se integre com a ferramenta 3d e criar as opções.

Uma das linguagens mais usadas na área de computação gráfica agora ganhou o suporte oficial da Maxon, empresa que desenvolve e comercializa o Cinema 4D. A Maxon comprou o software que fazia a integração entre o Python e o Cinema 4D chamado de Py4D. Essa é uma jogada da Maxon para oferecer mais capilaridade entre os profissionais de computação gráfica, pois já existem várias ferramentas de alto nível usando Python.

cinema-4d-python-py4d.png

Por exemplo, entre essas ferramentas podemos citar o Blender, Softimage e o Houdini. Todas elas usam Python para criar ferramentas personalizadas e até mesmo alterar aspectos da interface. O que a Maxon faz com isso é permitir que profissionais e estúdios que já usam Python, tenham mais “conforto” ao escolher o Cinema 4D para desempenhar algum tipo de tarefa nos seus projetos.

A necessidade de usar Python em projetos é tamanha que estúdios como o Blur, trabalham no desenvolvimento de maneiras para adaptar e interpretar Python em ferramentas como o 3ds Max. Assim eles podem criar ferramentas parecidas para o Softimage e o 3ds Max. O projeto do Blur se chama Py3dsMax e pode ser copiado de maneira gratuita no link indicado.

Quem já usa o Blender e estuda a criação de scripts em Python tem uma excelente vantagem competitiva nesse aspecto, pois pode migrar depois para a criação de ferramentas para o Softimage, Houdini, Cinema 4D e até mesmo 3ds Max. Se você estava em dúvida sobre que linguagem usar, recomendo estudar Python.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um comentário sobre “Python agora oficialmente no Cinema 4D”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *