Making of de animação para Crysis 2

As produções voltadas para o cinema são famosas por demandar milhões de dólares em investimentos e gastos com a produção, para conseguir criar experiências visuais únicas. Mas, além do mercado de filmes e animações para cinema, temos a área de jogos que não fica muito para trás. Alguns desses jogos mais badalados e de grandes produtoras, acaba tendo grandes cifras nos seus orçamentos, assim como acontece com os filmes. Um exemplo disso são jogos como Crysis e a sua sequência Crysis 2. Já faz alguns dias que um pequeno trailer sobre o Crysis 2 foi lançado na internet para promover o jogo. Como não podia deixar de ser em jogos desse nível, o conteúdo da animação é de excelente qualidade.

O vídeo com o trailer do crysis 2 é esse:

Mas, além do trailer que é muito bom, temos também outro vídeo que mostra o making of desse material. O segundo vídeo apresenta conteúdo interessante para quem está aprendendo a trabalhar com animação por dois motivos. Ele mostra como é importante trabalhar com o planejamento minucioso das animações com o uso de trilhas sonoras bem elaboradas, e também o valor da visualização das animações.

O making of do Crysis 2 é esse:

Um dos maiores problemas que animadores iniciantes enfrentam é a falta de paciência para trabalhar com animações. Sempre que um novo projeto é iniciado eles já trabalham pensando no render final, sem passar pelas fases de planejamento e criação de material de referência. Por exemplo, repare no vídeo com o “making of” que muito do vídeo foi gerado com base em estudos aplicados em animatics. Esses trechos de animação extremamente simples, servem para que o artista possa avaliar a sequência de movimentos e montagem do vídeo. Como a renderização e animação desse tipo de material é simples, fica mais fácil fazer correções.

A segunda parte da preparação desse trailer pode ser conferida nesse artigo em quatro partes, que mostra a criação dos storyboards e comenta de maneira geral a produção do vídeo.

Algumas horas investidas nesse tipo de produção podem economizar muito em tempo de render, e facilitar o ajuste e produção de animações complexas. Mesmo sem muito para mostrar no que se refere a parte de tecnologia usada para criar as animações 3d, podemos confirmar a importância da preparação das animações com esse material.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *