Clicky

3dsmax 2011 terá Iray gratuito para assinantes

A nova tendência dos renderizadores baseados em GPUs está fazendo com que muita gente se preocupe com as suas placas de vídeo. Quando melhor for a GPU e mais núcleos ela disponibilizar para manipular as informações do render, melhor será a capacidade de interagir com a cena e mover a câmera virtual. Já existem opções comerciais e gratuitas em praticamente todos os softwares, que vão do V-Ray RT até o SmallLuxGPU para o Blender. Entre as opções que funcionam no 3dsmax, existe a versão realtime do mental ray chamado de iRay.

Para os usuários do 3dsmax que participam do programa de assinaturas da Autodesk, uma novidade muito agradável foi o anuncio de que o Iray será oferecido de maneira gratuita para o 3dsmax 2011. Esse é um modelo de suporte que deve substituir no futuro a venda das licenças de software, em que será preciso pagar uma assinatura mensal para usar a ferramenta.

Bem, para os que já participam desse sistema de assinaturas, o vídeo abaixo foi divulgado pela própria Autodesk e mostra o procedimento necessário para usar o Iray no 3dsmax 2011.

No vídeo podemos perceber que o foco da ferramenta será a facilidade de uso, premissa dos renderizadores do tipo unbiased. O usuário precisa apenas ajustar os materiais e decidir a quantidade de interações usadas pelo Iray. A comparação entre as imagens renderizadas por mais de duas horas é bem evidente. A que usa o Iray apresenta o mesmo nível de sofisticação e qualidade das melhores renderizações geradas com LuxRender, Indigo, Maxwell Render e outros. Só faltou mostrar o painel de configuração dos materiais, para que possamos fazer uma comparação com os shaders do mental ray.

Essa é uma excelente opção para os usuários do 3dsmax 2011 que ainda não investiram em softwares de terceiros, como é o caso do V-Ray RT ou Octane. O problema nesse caso é fazer com que não aconteça o mesmo que ocorre com usuários do 3dsmax que preferem trabalhar no V-Ray, ao invés de usar o mental ray que já acompanha o 3dsmax 2011 gratuitamente.

O motivo?

Muita gente ainda acha o mental ray difícil de configurar, e os resultados realistas com o V-Ray são atingidos em menos tempo.

2017-04-11T10:27:14+00:00 By |3ds max|1 Comentário

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. dimas evanis batista 06/12/2011 em 2:37 pm

    eu so acho que tem muita gente com preguiça de ler e aprender, fui afinco em tutoriais sobre o mental ray, gostei muito e aprendi rapido, sem falar que vem acompanhado com o max e é de graça, rsr

Deixar Um Comentário