Twinmotion: Nova opção para visualizar arquitetura

O mercado de renderizadores para arquitetura sofreu uma grande reviravolta nos últimos meses com o surgimento de ferramentas, que aproveitam o poder das modernas GPUs e manipulam grandes quantidades de dados em tempo real. Assim podemos conseguir renderizações realistas em períodos de tempo bem curtos. Para os proprietários de placas de vídeo com diversos núcleos, isso já é uma realidade. Basta instalar softwares como o Iray, Vray RT, Arion ou SmallLuxGPU para ter os benefícios de visualização em tempo real. Esse tipo de tecnologia é proveniente de ambientes destinados para jogos 3d, que foram adaptados para atender necessidades específicas de produção.

Uma empresa da área de visualização para arquitetura está prometendo uma nova revolução nessa área, com uma ferramenta chamada de Twinmotion. O software ainda não foi anunciado oficialmente com a lista de todos os seus recursos. A empresa responsável pelo desenvolvimento, criou um blog para gradativamente apresentar a tecnologia usada no Twinmotion. No blog só temos dois tópicos disponíveis que mostram simulações de ambiente e vegetação.

O vídeo abaixo mostra como a ferramenta pode ajudar arquitetos e escritórios a criar simulações baseadas em tempo e contextos específicos. Por exemplo, poderíamos colocar um projeto em partes específicas do globo e criar simulações nas quatro estações do ano.

No segundo exemplo que foi divulgado, podemos acompanhar mais partes da edição e interação do usuário com o software. Nesse caso o processo envolve a adição de vegetação na cena.

Esses vídeos mostram uma tecnologia que é bastante conhecida dos usuários acostumados a jogos sofisticados como Unreal e Crysis. Ambos usam engines 3d poderosas e que permitem trabalhar com efeitos avançados de iluminação e deformações semelhantes a que vimos na vegetação do Twinmotion.

Antes que o aplicativo seja oficialmente lançado em outubro já podemos ter como certo o uso de GPU para aceleração. Todas as animações e demonstrações que visualizamos nas demonstrações são certamente geradas por poderosas GPUs. Mesmo assim, a ferramenta não deixa de ser impressionante pelo realismo nas animações e ajustes de movimento.

É impressão minha, ou mais alguém achou a interface semelhante a do Blender 2.5? Pelo menos o estilo de cor é bem parecido.

Assim que o lançamento oficial acontecer, ou um novo vídeo de demonstração for disponibilizado, aviso aqui no blog.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *