Mapeamento 3d físico de vídeo para arquitetura

O desenvolvimento de projetos para design de interiores é um dos tipos que mais exige a parte de edição das texturas e materiais, pois geralmente nesse tipo de situação o cliente quer fazer vários estudos com texturas e cores diferentes. Já tive a oportunidade de participar de vários projetos em que a modelagem 3d era usada como forma de desenvolver o projeto com o estudo de materiais. A apresentação para os clientes geralmente é feita usando um vídeo que mescla os diversos materiais e texturas, usando animação linear ou mesmo uma pequena interface multimídia usando o Flash.

Mas, já pensou de fosse possível criar um grande painel interativo que mostrasse essas opções de materiais e texturas em um ambiente real? Você poderia até imaginar o uso de painéis de LCD gigantes que seriam acoplados as paredes, mas o efeito não seria muito bom devido as bordas dos painéis que ficariam visíveis. A solução para fazer esse tipo de estudo é o uso de projetores!

Um experimento muito interessante desenvolvido por um artista chamado Beam mostra como isso pode ser possível, usando mapeamento 3d sobre as superfícies e mobiliário de uma sala, em que dois projetores criam o efeito interativo dos materiais. O vídeo abaixo mostra o resultado desse mapeamento físico e a projeção das texturas em um ambiente com as paredes completamente brancas.

Living Room from Mr.Beam on Vimeo.

O resultado final é muito interessante e mostra o que podemos fazer em termos de apresentação interativa para projetos.

Com o uso desse tipo de recurso dentro de uma loja ou stand, as pessoas poderiam escolher em tempo real as cores e texturas das paredes e também a aparência do mobiliário. O interessante é que a projeção perfeitamente alinhada com as superfícies do ambiente, evitam a necessidade de realizar diversas renderizações e testes com materiais, que podem demandar muito tempo e ajustes na iluminação. A única limitação é que ninguém pode caminhar pelo ambiente sem gerar sombras na cena.

Para saber mais sobre o projeto, recomendo a visita ao blog oficial do projeto, em que o artista mostra outros experimentos com mapeamento físico de superfícies para projeção de vídeos. Infelizmente não existem instruções detalhadas sobre a técnica utilizada, mas apenas a idéia já é interessante.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *