Clicky

Conversor gratuito de arquivos FBX

O trabalho em projetos envolvendo grandes equipes usando softwares 3d pode ser algo realmente complexo de gerenciar, principalmente quando o objetivo é montar algo como uma linha de produção. Nesse tipo de situação, a equipe de coordenação do projeto acaba distribuindo tarefas, cenas e modelos 3d para vários estúdios e artistas, que depois devem ser reunidos para fazer a montagem final. Para esse tipo de situação existem diversas opções de arquivos que são reconhecidos de maneira praticamente universal, como é o caso de extensões OBJ, 3DS e DXF. Cada um desses formatos de arquivo pode ser gerado e importado na mais variada gama de softwares 3d. O problema desse tipo de formato de arquivo é que geralmente alguma coisa acaba se perdendo no processo de exportação do material, acarretando em trabalho extra para quem recebe os arquivos.

Até pouco tempo atrás alguns estúdios recorriam ao uso de ferramentas que fossem amigáveis dentro de um sistema de produção parecido com linha de montagem, como é o caso do Softimage. Na época em que o estúdio Blur anunciou a migração da sua base tecnológica para o Softimage, uma das alegações é que o software se comportava melhor recebendo arquivos oriundos de outras ferramentas. Mas, isso foi na época anterior a compra do Softimage pela Autodesk.

A Autodesk tem um formato próprio de arquivos que é destinado a fazer transposição de dados entre suas ferramentas que é o FBX. Esse é o formato indicado para passar arquivos do 3ds Max para o Maya, ou Softimage e até para as ferramentas de CAD. O problema para alguns artistas está relacionado ao recebimento de arquivos no formato FBX que precisam ser manipulados em softwares que não reconhecem a versão, ou então o próprio arquivo FBX. Por exemplo, os arquivos gerados pelo recém lançado 3ds Max 2012, podem não abrir no Maya 2011. Outro exemplo é o uso desse tipo de dados em softwares como o Blender, Modo ou outro que não seja da Autodesk.

Se você já passou por esse tipo de situação, deve gostar de saber que a Autodesk lançou um conversor de arquivos FBX, que pode ser copiado de maneira totalmente gratuita. O software é capaz de manipular esses arquivos de várias formas, fazendo a conversão entre versões e transformando arquivos FBX em OBJ, DXF e 3DS. Isso permite que artistas e usuários de softwares que não sejam da Autodesk possam integrar material gerado no 3ds Max, Maya, Softimage e MudBox de maneira muito mais rápida em seus projetos.

O vídeo abaixo mostra um pouco do funcionamento desse conversor e como manipular arquivos FBX.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Leandro Jorge 23/07/2011 em 10:29 am

    Bom dia Allan Brito, obrigado pelo post. Eu estou iniciando no Maya 2011 e sou fã do seu blog. Espero que continue com esse trabalho extraordinário de compartilhar.

    Mais uma vez, obrigado

    Leandro Jorge

Deixar Um Comentário