Clicky

Tutorial 3ds max: Como usar física com PhysX

Uma das novidades que foi apresentada junto com o 3ds max 2012 foi a integração com o sistema de física com aceleração baseada em GPU da NVidea chamado de PhysX. Esse tipo de recurso permite trabalhar com simulações extremamente complexas e com dezenas de objetos, aproveitando a aceleração que a sua placa de vídeo oferece. Os usuários do 3ds max 2011 já tinham esse recurso disponível como parte dos pacotes de atualização da Autodesk, mas todos que atualizarem para o 3ds max 2012 devem receber as opções do PhysX como parte integrante software.

Para quem nunca usou esse tipo de recurso, ou simplesmente gostaria de aprender o funcionamento do PhysX, o tutorial abaixo é um excelente ponto de partida. O autor do tutorial explica como trabalhar com as opções do PhysX ainda no 3ds max 2011, mas os conceitos e ferramentas podem ser aproveitados na versão 2012.

O objetivo do tutorial é fazer com que uma esfera que está sendo animada usando apenas keyframes tradicionais de animação, possa colidir com um cilindro. Esse tipo de animação poderia ser realizada tranqüilamente apenas com o Rigid Body tradicional do Reactor existente no 3ds max, mas o processo foi adaptado para usar o PhysX.

No vídeo o autor começa explicando que existem três tipos diferentes de Rigid Bodies na barra de configurações do PhysX:

  • Dynamic: Objeto que reage as colisões sofridas por outros objetos.
  • Kinematic: Objeto que é um Rigid Body e reage as colisões, mas seu movimento é gerado usando keyframes.
  • Static: Objeto que reage com outros Rigid Bodies, mas não se desloca com base em colisões.

Nesse vídeo a esfera é do tipo Kinematic, o cilindro é Dynamic e a plataforma em que a ação acontece é Static.

Com toda a cena configurada, basta agora fazer algumas cópias do cilindro para que tenhamos uma simulação e uma pista de boliche! Os ajustes relacionados a fricção e outras propriedades físicas podem ser alterados no painel de materiais, em que fica disponível uma série de controles para o PhysX.

Esse é o tipo de recurso que deve agradar aos usuários acostumados a trabalhar com muitas animações baseadas apenas em física. Os artistas que já possuem o 3ds max 2012 e uma placa co suporte a essa tecnologia, podem começar a aproveitar esses recursos de imediato!

2017-04-11T10:26:29+00:00 By |3ds max|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário