Usando o novo Inset Polygon do Blender 2.58

Na semana passada o Blender recebeu mais uma atualização para a versão 2.58 e está ainda mais estável e mais recomendado para aplicação em projetos e grande porte, e para comprovar isso basta uma visita a extensa lista de problemas que forram corrigidos nessa versão. Além das correções de problemas que são necessárias para a evolução do software, algumas novas ferramentas foram adicionadas ao Blender. Uma dessas ferramentas é na verdade um Add-on que acompanha o Blender e deve ajudar bastante na modelagem de alguns tipos de objetos. Esse Add-on é chamado de Polygon Inset e ajuda a criar os chamados Insets em modelos 3d.

Mas, o que são esses Insets?

Um Inset é a cópia paralela de uma face que é criada usando uma escala ligeiramente menor do que a face original. Isso pode ser feito no Blender usando uma combinação simples de extrude e escala, mas são necessários alguns atalhos de teclado para que a mesma seja realizada. Com o uso do Add-on o processo fica muito mais rápido.

Para mostrar como esse novo Add-on funciona, tomei a liberdade de gravar um pequeno tutorial em vídeo, que na verdade é apenas uma demonstração mesmo de como você pode habilitar o Add-on para usar nos seus modelos 3d.

O processo é bem simples, e envolve o acesso ao painel de preferências do Blender e a escolha do Add-on Polygon Inset na lista de Add-ons. Quando essa opção está ligada, ao entrar no modo de edição do Blender com um objeto do tipo Mesh selecionado, teremos uma opção chamada Inset na barra de ferramentas da 3D View. Para usar essa opção, você deve selecionar uma face em qualquer objeto e pressionar esse botão para criar o Inset.

Depois de pressionar o botão, precisamos escolher algumas opções do Add-on que são:

  • Amount: Distância entre a cópia da face criada pelo Inset e a face original.
  • Height: Se a cópia da face precisar ficar em altura diferente da original, aqui escolhemos o quanto essa cópia precise ser deslocada.
  • Region: Quando marcamos essa opção, você pode aplicar o Inset em grupos e faces.

Com esse novo Add-on o Blender ganha mais versatilidade na modelagem poligonal, mas ainda é necessário muito desenvolvimento para melhorar o Inset, e para perceber os problemas gerados pela ferramenta, avance o vídeo até o final e veja o resultado da aplicação do Inset em duas faces perpendiculares.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um comentário sobre “Usando o novo Inset Polygon do Blender 2.58”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *