Clicky

Render avançado: Guia de materiais para o Blender Cycles

O Blender está para receber uma grande adição ao seu sistema de renderização que é o chamado Cycles, que é um renderizador que deve apresentar diversas melhorias e métodos de render sofisticados para o software, como o uso de aceleração por GPU. Mas, assim como todas as novidades envolvendo softwares 3d, um novo renderizador acaba sendo acompanhado de dúvidas e ferramentas inéditas. Já comentei aqui no blog algumas dessas novas ferramentas, mas ainda não falei sobre o uso de materiais no Cycles. Todo o renderizador acaba incorporando um série de novos materiais ao software em que ele está sendo usado, e isso não é relacionado exclusivamente ao Cycles. Quem já usou ferramentas como o YafaRay, LuxRender ou Indigo sabe que todos eles possuem conjuntos de materiais próprios.

Caso você queira aprender mais sobre o funcionamento do Cycles no que diz respeito aos seus materiais, existe um tutorial muito interessante que descreve e mostra várias opções dos materiais existentes no Cycles. Quais materiais são esses?

Assim que acionamos o Cycles, fica habilitado uma seletor de materiais diferente no painel de materiais do Blender, que mostra as seguintes opções:

  • Diffuse
  • Glass
  • Glossy
  • Translucent
  • Transparent
  • Velvet
  • Emission
  • Mix Closure
  • Add Closure
  • Background, Volume, and Displacement

A escolha de cada um desses materiais é que vai determinar como o material aplicado ao seu objeto irá se comportar. A parte interessante do tutorial que indiquei no início desse artigo é que o autor do texto, teve o trabalho de gerar uma imagem representando o resultado final de cada um dos tipos de material, ajudando muito na escolha de cada um deles. Portanto, você pode economizar bastante tempo na escolha dos materiais se for usar o Cycles para renderização.

Ainda não sabe usar o Cycles? Confira no vídeo abaixo como fazer para usar essa nova ferramenta de renderízação:

Antes de partir com todas as suas energias para usar o Cycles, lembre que o projeto ainda é experimental e deve aparecer nas versões estáveis nos próximos meses. O melhor lugar para conseguir é no graphical.org e você deve usar o render apenas em projetos que tenham cópias de segurança, e nem preciso comentar sobre os riscos de usar esse tipo de software em ambientes de produção. Por enquanto, fique com os renders externos do Blender mesmo para produção como LuxRender, Indigo, Octane ou YafaRay.

2017-04-11T10:26:16+00:00 By |Blender 3D|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário