Atualização do iray para o 3ds Max 2012

O 3ds Max é uma suite 3d que possui uma enorme gama de softwares e ferramentas que são executados como plugins ou recursos incorporados, como é o caso de renderizadores e ferramentas especiais para trabalhar com partículas ou fluidos. A Autodesk percebeu isso e começou a oferecer opções nativas para reduzir essa dependência externa dos artistas do 3ds Max, sendo que desses esforços concorrentes para softwares como o V-Ray. O iray é o software que oferece opções nativas para uso de GPU na aceleração do render no 3ds Max. O interessante do iray é que ele permite trabalhar tanto com soluções híbridas de render, aproveitando a CPU e GPU.

Uma atualização interessante para os artistas que fazem uso do sistema de assinaturas da Autodesk para o 3ds Max, devem receber agora uma nova versão do iray que permite trabalhar com o ActiveShade no 3ds Max 2012. O que isso significa? Com o uso do ActiveShade, teremos uma opção já disponível no V-Ray RT agora no iray, que é a visualização em tempo real de qualquer cena usando a GPU como motor. Isso é bem comum hoje e fazia falta para quem baseada seu trabalho no iray.

O vídeo abaixo foi divulgado pela própria Autodesk e mostra o funcionamento dessa nova versão do iray:

No material podemos acompanhar a manipulação de uma cena no 3ds Max usando esse novo recurso, inclusive com a demonstração das opções de seleção das GPUs existentes no computador do usuário. Esse modo de visualização é interessante para fazer modificações nos materiais e ajustes da cena, pois o feedback para as alterações acontece em tempo-real. Assim o processo de criação fica mais produtivo. O pessoal da Autodesk tem recursos suficientes para utilizar placas Tesla da NVidia, que são as placas profissionais mais caras da empresa!

Como receber essa nova versão do iray? Esse sistema de assinaturas da Autodesk é um sistema em que os artistas podem receber atualizações exclusivas para diversos softwares, mas requer um investimento anual além da licença do software. Se você agüentar esperar, o recurso deve ser incorporado no 3ds Max 2013, quando o mesmo for lançado no próximo ano.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *