Os softwares que são baseados na tecnologia BIM ganham cada vez mais mercado entre profissionais de arquitetura e projetistas, pois facilitam muito o desenvolvimento de projetos nas mais variadas escalas. Quando é usado um software como o AutoCAD que apenas cria entidades de desenho como linhas, retângulos e outros elementos gráficos que recebem significado apenas quando os organizamos de maneira a representar paredes, móveis e outros objetos as coisas acabam sendo mais trabalhosas de gerenciar. Isso fica bem fácil de perceber quando precisamos tirar orçamentos dos projetos ou mesmo fazer modificações.

A grande diferença é que os softwares reconhecem os elementos pelo que eles representam. Por exemplo, paredes são efetivamente reconhecidas e modificadas como paredes.

Outro ponto em que as coisas são diferentes está na gestão dos objetos que usamos para povoar os projetos em 3d, que são conhecidos no AutoCAD como blocos. Se tomarmos como exemplo o Revit, os mesmos blocos acabam se transformando em famílias. Essa é a nomenclatura usada para identificar os conjuntos de objetos que podem ser usados no Revit.

REVIT SEQ 08

Assim como acontece no AutoCAD, precisamos reunir o máximo de informações possíveis sobre essas bibliotecas de famílias para o Revit, e estar preparados para adicionar elementos em projetos sempre que for necessário. Se você é usuário do Revit, deve gostar dessa biblioteca gratuita de famílias para o Revit. O link leva até uma das maiores comunidades de usuários para o Revit, em que podemos encontrar as famílias organizadas em 16 categorias.

Abaixo uma lista com as categorias de famílias do Revit disponíveis nas suas respectivas categorias que tomei a liberdade de traduzir.

01. Geral

02. Elementos de terrenos

03. Concreto

04. Alvenaria

05. Metais

06. Madeira e plásticos

07. Isolamento térmico

08. Portas e janelas

09. Acabamentos

10. Elementos especiais

11. Equipamentos

12. Móveis

13. Construções especiais

14. Exaustores

15. Elementos mecânicos

16. Elementos elétricos

Esse tipo de recurso é muito importante para qualquer usuário que trabalhe com o desenvolvimento de projetos com o Revit, por permitir que trabalhemos apenas nos detalhes construtivos dos projetos, e quando for necessário adicionar objetos, basta recorrer a essa biblioteca de famílias, e inserir os mesmos nos seus ambientes.