Rigging e animação usando CAT no 3ds Max

O 3ds Max oferece uma facilidade muito interessante para os artistas que procuram trabalhar com animação de personagens, que é o seu sistema automatizado de Rigging chamado de CAT. Esse é um sistema que foi adquirido pela Autodesk na época em que a empresa comprou a Softimage, e o incorporou ao 3ds Max para substituir o antigo Character Studio. O sistema ajuda muito na criação de animações devido a sua boa base de modelos de rigs prontos para uso, principalmente se você tiver que criar personagens que não sejam bípedes.

O foco do antigo Character Studio em personagens bípedes era criticada por artistas que trabalhavam em projetos que exigiam animar animais ou criaturas com anatomia diferente.

Aprenda o básico sobre Rigging com CAT no 3ds Max

Se você é usuário do 3ds Max 2012 e gostaria de aprender a usar o CAT para animação 3d, o vídeo abaixo mostra o básico sobre como começar a usar o CAT para configurar um Rig para animação.

No tutorial que mostra como criar e começar a configurar um template de personagem bípede. Assim como acontecia com o antigo Character Studio, o primeiro passo para começar a configurar a estrutura do personagem é ajustar a escada dos objetos para que fiquem de acordo com a morfologia do personagem. Uma dica interessante do vídeo, é o botão que consegue espelhar as transformações de escala aplicadas aos “ossos” do CAT para que o personagem fique perfeitamente simétrico.

O próximo passo no processo de configuração do personagem é usar o modificador Skin, que é usado para fazer a ligação entre os objetos do CAT e a malha poligonal do personagem. Esse modificador deve ser configurado para usar os objetos do CAT, e então ao mover um desses objetos a malha do personagem é deformada.

Com tudo configurado, podemos abrir o painel Motion e ao selecionar um dos objetos do CAT teremos acesso aos ajustes e configurações de animação. Nesse painel existe um recurso chamado de CAT Motion Layer. E com esse painel podemos adicionar templates de animação prontos, assim como o autor do vídeo faz no seu tutorial. O resultado final não é perfeito, o movimento do personagem ainda fica estranho. Mas, considerando que tudo foi feito em aproximadamente cinco minutos, podemos dizer que boa parte do processo de criação foi criada, e ficamos apenas dependendo dos ajustes finais no movimento.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *