Clicky

Dica sobre Blender: Temas para interface

Um dos aspectos que particularmente uso pouco em relação ao Blender é o seu gerenciador de temas, que acaba sendo útil apenas quando a interface padrão do software acaba atrapalhando uma apresentação, ou as cores escuras da interface acabam dificultando a criação de documentos usando imagens capturadas dos menus em escala de cinza. Por isso, estou escrevendo esse artigo como uma dica rápida sobre o Blender em relação ao seu gerenciador de temas. Sim, você pode fazer alterações nas cores e maneira com as tonalidade dos objetos são representados no Blender.

Para ter acesso ao gerenciador de temas, é necessário acessar a janela de preferências do Blender e procurar pelo campo Themes como mostra a figura abaixo.

Blender-temas.png

Depois o processo fica muito simples, pois o seletor de temas já apresenta várias opções prontas para uso imediato.

Blender-temas-presets.png

Entre as opções do seletor de temas podemos escolher entre as seguintes opções:

elysiun.png

Tema Elysiun

hexagon.png

Tema Hexagon

ubuntu-ambience.png

Tema Ubuntu Ambience

blender24x.png

Tema Blender 24x

backtoblack.png

Tema Back to Black

Se você não ficar satisfeito com esses esquemas de cores, pode optar por editar manualmente cada cor dos elementos da interface do Blender, diretamente a esquerda do seletor de temas existem os respectivos nomes dos elementos para cada tipo de janela. O trabalho necessário para gerar o tema é bem considerável, principalmente se você quiser deixar tudo consistente em todas as janelas.

Ainda existem os temas que não acompanham as instalações padrão do Blender, que podem ser encontrados nesse endereço. Entre essas instalações padrão encontramos opções para deixar o Blender com os esquemas de cor do ZBrush, 3ds Max, Modo e vários outros softwares de renome entre artistas 3d.

Caso você decida adotar um desses esquemas de cores diferentes para trabalhar com o Blender, recomendo ter cautela, principalmente no que diz respeito as tonalidades escolhidas para maiores planos como o fundo da 3D View. As pessoas que trabalham com esse tipo de software o dia todo podem acabar tendo o seu trabalho ou saúde influenciadas pelas tonalidades escolhidas. O material que criamos com o Blender é baseado em criação visual, e tons muito fortes podem fazer com que você perca a percepção de contraste de algumas cores.

Por exemplo, ao usar tons amarelados para grandes partes da interface podemos começar a perceber que alguns tons amarelos provenientes de renderizações tem menos saturação do que deveria, quando na verdade é o nosso olho que já está acomodado para aquela saturação. Esse é um dos motivos pelos quais a maioria dos softwares 3d acaba tendo interfaces escuras, para ajudar na percepção de cores. É preciso ter cuidado para não ficar com uma interface parecida com uma alegoria de carnaval, use o recurso com parcimônia.

2017-04-11T10:25:46+00:00 By |Blender 3D|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário