Exemplo de simulação com fumaça dinâmica no Blender

As simulações baseadas em física são de grande ajuda para qualquer artista 3d, pois permitem atribuir detalhes em objetos que deixam o contexto para o qual foram criados ainda mais próximo da realidade. Por exemplo, já pensou o que seria de uma explosão sem o uso de fumaça, ou mesmo a criação detritos e fragmentação baseada na expansão do ar causado pela explosão? A ausência desse tipo de detalhe é muito prejudicial para a animação como um todo, e por isso existem diversas soluções no mercado para gerar animações baseadas em física.

Essas soluções podem estar diretamente integradas ao software 3d ou então partir para softwares externos. No caso do Blender temos um sistema de simulação baseada em física que ganhou atualizações importantes nos últimos anos, e não para de evoluir com novas ferramentas e opções aparecendo de maneira constante!

Nos últimos dias comentei aqui no blog sobre a criação de uma opção para deixar os domínios usados em simulações de fumaça dinâmicos, permitindo que os mesmos se modifiquem para minimizar a área usada para os cálculos da fumaça.

O autor dessa nova ferramenta, que ainda não está disponível para uso nas versões atuais do Blender, publicou um vídeo em que fica clara a vantagem e aplicação desse tipo de recurso dentro de simulações usando fumaça. A locomotiva que aparece no vídeo abaixo, é usada como base para a criação de uma área em que a fumaça é emitida da sua chaminé, e o domínio dessa simulação se adapta ao movimento do objeto 3d.

A vantagem nesse tipo de simulação, é que o domínio sempre será pequeno em comparação com a área total da animação. E o pré-processamento da fumaça irá exigir muito menos do equipamento usado para calcular a simulação.

As simulações de fumaça no Blender são muito flexíveis e podem criar material bem realista, como mostra esse teste simples realizado com fumaça para representar fluidos. As fórmulas matemáticas para simulação de fluidos e gases são as mesmas, o que facilita esse tipo de animação.

E você? Já está usando as parte de simulação de fluidos do Blender? Caso você não conheça, recomendo uma visita ao curso de animação baseada em física com o Blender para saber mais sobre como usar esse tipo de ferramenta para suas animações.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *