Efeitos visuais do novo homem-aranha

O uso de efeitos visuais e animação 3d em filmes é algo muito comum hoje em dia, e já se tornou até mesmo algo que dificilmente chama a atenção dos espectadores. Já se foi o tempo em que podia se justificar ir ao cinema apenas para ver efeitos ou imagens geradas por computador que eram classificadas como sendo uma “obra prima” da computação gráfica. Por exemplo, algumas cenas do último filme do homem-aranha que ainda não tive a oportunidade de assistir usam de maneira bem ampla imagens e efeitos, seja para gerar os movimentos o aranha como do lagarto, o seu inimigo no filme.

Como está se tornando rotina entre essas produções, os vídeos que mostram o breakdown dos efeitos dessas produções acaba sendo lançado junto com os filmes para promover o mesmo, e levar mais pessoas para os cinemas. Seria esse também o motivo de não termos mais esse tipo de material nos DVDs e Blu-rays?

Caso você tenha interesse em assistir a três vídeos com o breakdown, que é a exibição de detalhes técnicos sobre como foram criadas determinadas cenas do filme, encontrei três vídeos que podem ajudar a entender melhor como foram criadas as sequências, e principalmente o que foi necessário para gerar em computador o lagarto, já que é a sua primeira aparição nos filmes do aranha.

Assim como já aconteceu em vídeos que publiquei aqui no blog, você não vai aprender necessariamente nada com esse tipo de material. É preciso encarar isso sob a ótica de um fã de cinema, que gostaria de visualizar como o filme foi produzido, e também usando esse material como fonte de inspiração para que você possa criar as suas próprias animações e modelos 3d. Como forma de inspiração, posso dizer que esse tipo de vídeo faz um excelente trabalho, pois é devido a esse tipo de making of que muitas pessoas decidem trabalhar com animação 3d e modelagem, depois que assistem a esse tipo de material.

Para os que não assistiram ainda, recomendo também o breakdown dos efeitos do filme Prometheus, que apesar de ter recebido muitas críticas devido ao roteiro, acaba apresentando efeitos visuais bem interessantes.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *