LuxVR: Renderização por GPU no LuxRender

O LuxRender é um dos renderizadores externos que melhor trabalha junto com o Blender, e devido ao fato do software usar algoritmos de renderização baseados em física real, as imagens geradas com o LuxRender tendem a ser fantásticas. Mas, o LuxRender tem uma péssima fama entre artistas 3d devido a velocidade com que geras as suas imagens. O seu processo de renderização é baseado em refinamento progressivo de imagens, semelhante ao que outros softwares fazem como o próprio Blender Cycles e o Indigo Renderer. É possível usar algum artifício de hardware para acelerar o render com o LuxRender? Claro que sim! Isso é feito com o suporte de GPUs, que é a solução de render mais usada nos dias de hoje quando falamos em reduzir os tempos necessários para gerar as imagens.

Mas, um projeto em andamento com o LuxRender pode colocar o software em pé de igualdade com ferramentas já consolidadas na renderização usando GPU. O chamado LuxVR tem como objetivo oferecer aceleração de hardware usando OpenCL, o que deve agradar bastante os donos de placas da Radeon. Quer uma amostra do que pode ser o LuxVR? O vídeo a seguir é uma demonstração do projeto, gravado pelo desenvolvedor:

Como você pode perceber pela velocidade com que a imagem é atualizada, o projeto realmente consegue exibir os detalhes do modelo 3d em tempo real, fazendo justiça ao nome LuxVR. É para você largar tudo e ir correndo adotar o LuxVR? Calma, não existe razão para pânico, pelo menos ainda. O projeto é muito promissor, mas ainda está em desenvolvimento, mas é uma excelente referência e possibilidade futura para usuários do Blender que gostariam de usar os recursos avançados do LuxRender para gerar imagens realistas. Quem sabe assim será possível encontrar mais animações renderizadas com o LuxVR.

Em comparação com o Cycles o LuxRender possui mais recursos, devido claro a idade e empenho dos desenvolvedores que estão trabalhando no renderizador já faz um bom tempo, mas a tendência é que o Cycles um dia pelo menos se equipare em recursos e sofisticação no render.

O nome VR não está no projeto por acaso, significando que além do render mais rápido o objetivo do LuxVR é oferecer a possibilidade de trabalhar com ambientes de realidade virtual no Blender, alimentando a render engine do SmallLuxGPU.

Quer testar o LuxVR? É possível fazer o download de versões de teste do LuxRender com o recurso nesse endereço.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *