Produtora de jogos Indie: História da BetaDwarf

A produção de animações e jogos digitais apresentam pontos em comum e também diferenças bem evidentes no seu processo criativo. Entre as semelhanças existentes entre os dois tipos de projetos, posso destacar que a maioria das pessoas acaba subestimando a quantidade de trabalho e dedicação que esse tipo de produto demanda. Posso dizer isso pelas experiências que já tive na produção tanto de animações e jogos, e também no contato direto com alunos de graduação que planejam criar jogos e animações 3d.

A vontade e desejo de criar esses produtos geralmente acaba sendo maior do que a percepção da quantidade de planejamento necessário para finalizar esse tipo de projeto, é por isso que existem tantos jogos e animações que iniciam como boas idéias, mas que nunca são finalizadas.

Esse semana uma história publicada no blog do Unity 3D chamou a minha atenção por mostrar a perseverança de uma pequena produtora de jogos, que nasceu dentro da universidade de Aalborg na Dinamarca. A produtora é a BetaDwarf que era formada inicialmente apenas por alunos da universidade, que chegaram por um breve período de tempo a dormir dentro das instalações da universidade. O breve período de tempo correspondeu a aproximadamente 7 meses!

A história da produtora é muito interessante e pode muito bem servir como inspiração para pessoas interessadas em começar iniciativas semelhantes. O artigo está em inglês, mas com um pouco de paciência ou ajuda do oráculo, você consegue entender o texto caso seu inglês esteja “enferrujado”.

O vídeo a seguir é uma demonstração do primeiro jogo do estúdio chamado de Forced.

Algumas das recomendações que sempre passo para os meus alunos, mas que muitos acabam não seguindo é que planejamento e preparação são o segredo para evitar surpresas nesse tipo de projeto. A idéia principal do projeto é importante, mas o estágio em que você senta na frente do computador para produzir alguma coisa deve fazer parte apenas do processo final de produção! Se for um jogo o game design deve estar totalmente concluído, e para animações o roteiro deve estar finalizado.

A quantidade de material gerado na pré-produção é inversamente proporcional ao número de problemas e prazo necessários para executar o projeto.

Quer começar um projeto de jogos 3d?

O EAD – Allan Brito tem alguns cursos que podem ajudar você na parte técnica relacionada a produção de jogos digitais. Alguns dos cursos são gratuitos e outros demandam inscrição, mas podem muito bem representar o primeiro passo na formulação do seu sistema arsenal de conhecimentos para produzir jogos.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *