Curso de animação com Rigid Bodies no Blender

O Blender possui um módulo especializado em criar animações baseadas em Rigid Bodies já faz um bom tempo, e que servia bem ao seu propósito durante o longo período em que ficou disponível. Um dos inconvenientes desse sistema é que o mesmo estava relacionado com a Game Engine do Blender, e tinha o objetivo claro de oferecer animação baseada em física para os jogos criados no Blender. O procedimento necessário para usar essas simulações em animações fora da Game Engine consistia em gravar os movimentos como keyframes. A técnica funcionava bem e inclusive foi apresentada em detalhes no curso de animação baseada em física com Blender do EAD – Allan Brito. Mas, as coisas podiam melhorar muito e na versão 2.66 o sistema foi completamente reformulado.

Para refletir essa mudança e apresentar o sistema para todos os novos usuários do Blender, lancei na última sexta no EAD – Allan Brito o curso de animação com Rigid Bodies no Blender.

Curso de animação com Rigid Bodies no Blender

O curso de animação com Rigid Bodies apresenta o sistema de animação totalmente reformulado e integrado com as ferramentas próprias de animação. Como as mudanças foram substanciais em termos de ferramentas, uma atualização no curso de animação baseada em físicas iria fazer com que o conteúdo ficasse excessivamente longo. Por isso, optei por segmentar os vídeos em um curso de animação próprio e inédito no EAD – Allan Brito.

Curso de animação com Rigid Bodies no Blender

Esses são alguns dos conteúdos que você vai aprender dentro do curso:

  • Animação simples com Rigid Bodies
  • Obstáculos para animação
  • Objetos estáticos
  • Configurações do ambiente
  • Uso de constraints
  • Animação com Proxy
  • Fragmentação de objetos
  • Desativação da simulação
  • Gravação em keyframes (Bake)
  • Exercícios

Os temas são abordados usando o novo sistema de Rigid Bodies do Blender na versão 2.68a. Um dos pontos positivos do novo sistema é a estabilidade e também a possibilidade de trabalhar com objetos passivos e ativos na simulação. A quantidade de opções e ferramentas que podem ser usadas para gerar sistemas complexos e baseados na simples premissa da ação e reação movida por gravidade.

Para saber mais sobre o curso de animação com Rigid Bodies no Blender, visite a página do curso no EAD – Allan Brito.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *