Edital de curta animado com aporte de R$ 15.000,00

Uma boa parcela dos leitores do blog e alunos do EAD – Allan Brito acompanham as notícias e artigos ou fazem cursos com o objetivo de aprimorar seus conhecimentos em animação, modelagem 3d e assuntos relacionados com fins profissionais. A produção de material como animação é fascinante para quem cria o material, mas infelizmente complicada de comercializar. Entre as alternativas existentes para rentabilizar projetos de animação está a inscrição de projetos em editais publicados pelos órgãos governamentais que se apoiam em projetos públicos, ou então no incentivo de empresas usando a chamada Lei Rouanet. Em agosto foi publicado um edital de curta animado que pode ser de interesse para muitos leitores aqui do blog e se enquadra perfeitamente nas oportunidades de começar a rentabilizar trabalhos em animação.

Edital de curta animado

Como forma de apresentar oportunidades para os leitores aqui do blog, hoje começo a divulgar editais e informações sobre concursos, projetos ou qualquer iniciativa que possa representar uma chance de rentabilizar o trabalho com computação gráfica. E para começar, recomendo a visita ao web site do ministério da cultura para conhecer o edital de curta animado divulgado alguns dias atrás.

Edital de curta animado

Sobre o que é o edital? A proposta do edital é bem simples e direta: A temática deve abordar de forma criativa e inovadora a questão dos resíduos sólidos. Os projetos inscritos precisam tratar da questão dos resíduos sólidos usando linguagem de animação, seja ela 2D ou 3D. Os projetos selecionados podem receber até R$ 15.000,00 de aporte financeiro. A temática do edital de curta animado envolve resíduos sólidos devido a natureza do projeto ser uma parceria entre os ministérios da cultura e meio ambiente.

A animação deve ter duração de um minuto(60 segundos), o que é equivalente a 1440 frames considerando um framerate de 24 quadros por segundo.

Como o edital é voltado para pessoas físicas a participação no processo é relativamente simples, se considerarmos outros editais voltados apenas para empresas ou produtoras. Você deve submeter o projeto no papel de diretor da animação, mas é possível acumular outros cargos no projeto como animador, editor e outros.

No site do edital você encontra todas as informações necessárias como modelos de documentos e outras informações úteis como modelos de orçamento para a animação. A quantidade de projetos que devem receber o aporte é bem razoável! No total 40 projetos devem ser escolhidos. O limite máximo para inscrição é o dia 19 de outubro de 2013.

Quer participar? Recomendo que você pense muito bem no roteiro, pois o edital de curta animado deixa claro que a abordagem inovadora sobre resíduos sólidos será o diferencial. A criação de uma boa história e roteiro é o segredo para ter boas chances na disputa!

Essa pode ser a oportunidade que você estava aguardando para começar um projeto de animação remunerado, pois não existem limitações ou requisitos complexos a seguir. Por exemplo, você pode tratar o tema sem usar personagens ou mesmo diálogos! Dependendo da sua idéia e criatividade, a animação pode exigir habilidades medianas e até mesmo básicas de animação. Você só precisa elaborar a idéia de maneira que seja factível de executar.

Ao longo das próximas semanas devo abordar o tema outras vezes, mas você já pode começar a ler as orientações no edital e montar a sua idéia!

Para ajudar na parte técnica, é sempre possível usar qualquer um dos cursos do EAD – Allan Brito para compor a sua base de conhecimento técnico em animação usando o Blender! Você já terá uma folga no orçamento, pois não será preciso investir em software para a animação, montagem e render do projeto.

Esses são os cursos do EAD – Allan Brito:

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

5 comentários sobre “Edital de curta animado com aporte de R$ 15.000,00”

  1. Você é cheio de boas notícias, mas essa nos acertou em cheio..é uma ótima noticia. Obrigado. É tudo que nós queríamos, incentivo.
    Abraço.

    Sérgio.

  2. Boa notícia mesmo! Percebo que esses editais são pouco divulgados, acho que vale lembrar que existem editais às vezes até do mesmo porte ($) mas de âmbito municipal, mas é necessário ir atrás nas secretarias da cultura de cada cidade. E para quem não conhece existe também o Catarse.me que têm uma categoria só para cinema e vídeo, que na minha opinião carece de boas animações, e é uma alternativa para quem quer evitar a burocracia dos editais.

  3. Ola, grande post. Estava precisando desse tipo de incentivo.
    Depois que vi o post comecei a elaborar os documentos necessários para a inscrição.

    Só fiquei com dúvida com o que colocar no Plano de Direção, se alguém tiver como explicar rapidamente como é esse plano, seria bem útil, obrigado.

  4. Poxa, a data q vc colocou está errada! E eu q tava pensando na ideia dei a bobeira de nao ler o edital. Era até hoje!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *