Clicky

Tutorial de motion tracking com o Adobe After Effects CS4

Aqui no blog o assunto Motion Tracking já foi abordado várias vezes em artigos diferentes, mas nunca é demais falar sobre essa técnica tão importante para todos que trabalham com edição e composição de vídeo. A técnica é simples e consiste na identificação de pixels no vídeo, para que o software possa seguir o movimento do objeto pelo vídeo com o objetivo de fazer composição ou substituir esse objeto no vídeo. O After Effects é apenas um dos softwares que faz esse tipo de tarefa, existem outras opções como o Shake da Apple e o Combustion da Autodesk. No Brasil a maioria das produtoras e empresas trabalha com o After Effects.

O tutorial que indico hoje foi produzido pelo pessoal da creativecow, um dos web sites mais famosos em termos de tutoriais e dicas para edição de vídeo. Nesse vídeo o autor aborda o uso do famoso plugin Mohca, que é um pequeno sistema anexo ao After Effects que ajuda nesse tipo de tarefa. O objetivo do tutorial é remover um item indesejado de um vídeo, que nada mais é que um pedaço do tripé que sustenta as hastes de iluminação do estúdio. Quando esse tipo de coisa é percebida, a equipe e atores já foram dispensados e seria muito caro filmar novamente.

A solução é usar um software para remover esse material do vídeo.

No vídeo o autor usa três softwares diferentes para realizar a tarefa, que são o After Effects, Mocha e o Photoshop. O Photoshop é usado para gerar uma imagem sem o tripé, que será usado para substituir a parte do vídeo em que o objeto aparece. Caso você não conheça, essa é uma ótima oportunidade de conhecer a ferramenta Vanishing Point do Photoshop que consegue editar e aplicar um tipo de clone em perspectiva. Um artista 3d poderia economizar várias horas de render em pequenas correções em imagens 3d.

Depois que a imagem está editada e o tripé foi removido, o próximo passo e delimitar a área que será editada no Mocha para que o Motion Tracking possa marcar a área do vídeo. Com o vídeo marcado e o tracking feito, basta abrir o After Effects e aplicar uma máscara no vídeo com a imagem gerada no Photoshop, para que o vídeo seja substituído e o tripé desapareça.

Explicando apenas com palavras pode parecer simples, mas esse tipo de tarefa exige muito planejamento e em alguns casos, em que objetos parados no vídeo se mesclam com fundos em movimento, o artista de composição pode ter muitos problemas. O importante é treinar e aprender o máximo de técnicas e soluções, para que quando esse tipo de projeto apareça, o melhor caminho possa ser encontrado de maneira mais rápida.

2017-04-11T10:33:00+00:00 By |After Effects|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário