Render de interiores com 3ds Max e V-Ray: Exemplo gratuito

O render de interiores é algo que fascina uma grande quantidade de artistas 3d, pelo fato de que você consegue atingir resultados fantásticos com os softwares atuais. Alguns desses projetos se confundem com fotografias. No ramo de arquitetura o render de interiores com 3ds Max e V-Ray constitui uma das duplas mais conhecidas.

O aprendizado no uso desses softwares algumas vezes é um desafio, mas usando exemplos prontos de cenas já renderizadas você pode impulsionar suas habilidades no render de interiores com 3ds Max e V-Ray.

Render de interiores com 3ds Max e V-Ray

Quer fazer o download de uma cena completa no 3ds Max 2015 e V-Ray? Um artista chamado Mohamed Badr, que é do Egito, compartilhou na sua página do Behance uma cena interna que apresenta diversos aspectos da configuração de um projeto no 3ds Max e V-Ray para arquitetura.

Render de interiores com 3ds Max e V-Ray

As vantagens em fazer o download dessa cena são as mais diversas! A primeira e mais evidente de todas é que você terá acesso aos ajustes e recursos usados pelo artista. Por exemplo, se você ainda está aprendendo a usar o V-Ray para criar interiores o projeto pode ajudar no seu aprendizado.

Depois de abrir o projeto, você pode tranquilamente conferir todos os ajustes utilizados pelo artista para chegar no resultado apresentado na imagem. A posição das fontes de luz no projeto e outros aspectos como as configurações do V-Ray para interiores.

Outro benefício do download é conseguir agregar os móveis, objetos e texturas à sua biblioteca de recursos. Mas, já adianto que será preciso o 3ds Max na versão 2015 para ter acesso aos arquivos.

Posso usar um sistema para converter os arquivos max para OBJ? Sim, mas nesse caso a possibilidade de que ocorra um problema na conversão é muito grande. Principalmente devido ao uso do V-Ray que não é suportado por esse tipo de software. Sem mencionar o tamanho dos arquivos que é maior do que o suportado pelo sistema.

Para os casos em que você tenha o 3ds Max, é importante tomar cuidado com a licença de uso do material. O artista não deixa claro o que pode ser feito com os arquivos.

O download pode ser realizado pelo link que leva até o Mediafire na página do Behance. Portanto, é preciso ter paciência para concluir o download.

Aprenda a fazer modelagem para interiores

Quer aprender a fazer modelagem para interiores usando o 3ds Max, Blender ou SketchUp? No EAD – Allan Brito você encontra diversos recursos e treinamentos que podem ajudar você a criar esse tipo de projeto:

Casa rural no Blender Cycles

Qual o tipo de projeto mais desafiador de renderizar? Sem os recursos certos e otimizados, os cenários que exigem muitos elementos e representação de vegetação adicionam um componente extra de dificuldade. Sempre que surge a necessidade de representar elementos naturais, você vai encontrar desafios para criar algo realista.

Como estamos muito acostumados em ver vegetação no nosso cotidiano, um pequeno defeito no render já deixa explícito o seu caráter artificial.

Um projeto chamado Rural House mostra todo o potencial do Blender para fazer renderização de paisagens naturais, usando recursos avançados do Cycles. Nesse caso, o render aborda uma residência localizada no meio de um ambiente rural.

Nesse tipo de situação o artista precisa trabalhar com uma quantidade razoável de objetos, técnicas e ferramentas para simular vegetação. Os arredores da casa são cercados de grama, árvores e outros elementos naturais.

De acordo com a descrição do projeto fornecida pelo autor, que se chama Helmy Ardiansyah, cada imagem levou aproximadamente 3 horas para renderizar. A resolução de cada imagem ficou em 2560 x 1440 pixels, o que é bem razoável para a quantidade de informações na imagem.

Casa rural no Blender Cycles

Quer conferir informações adicionais do projeto? Ao visitar a página do artista no ArtStation, você encontra imagens das telas do Blender. Nessas telas é possível conferir os ajustes e posição das luzes usadas pelo artista.

Como ele conseguiu resolver o problema da vegetação?

O próprio artista explica que a vegetação foi baseada em um Add-on gratuito do Blender que cria grama. Tudo compatível com o Cycles. Quer usar o mesmo Add-on? Ele pode ser conferido nesse endereço. O funcionamento da ferramenta é muito simples e consiste no uso e um atalho, para aplicar partículas sobre uma superfície.

Essas partículas estão todas otimizadas com materiais e recursos próprios para simular diversos tipos de grama. É uma opção fantástica para renderizar paisagens naturais com o Blender Cycles.

Aprenda a usar o Blender para arquitetura

Quer aprender a usar o Blender para renderizar arquitetura? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos que abordam o uso do software para esse propósito:

Download gratuito: Texturas de telhas

Na criação de projetos que envolvem edificações e sua respectiva visualização externa, alguns detalhes acabam demandando muita atenção e trabalho dos artistas 3D. Esse é o caso das coberturas nas edificações que usam telhas de barro.

Você já teve a oportunidade de criar algo semelhante em 3D? O uso de texturas com mapas normais ou displacement são as melhores alternativas para gerar esse tipo de superfície.

Texturas de telhas

Você quer fazer o download de texturas para telhas gratuitas? O repositório de texturas chamado CGMood, está oferecendo um pacote com uma textura em particular no formato de telhas de barro. As imagens estão otimizadas para uso no 3ds Max e Corona Render.

Mas, você pode tranquilamente extrair os mapas de texturas para uso em outras aplicações.

Texturas de telhas

A licença de uso dos arquivos não possui nenhuma restrição em relação ao seu uso fora de ambientes relacionados com 3ds Max e Corona Render. É preciso fazer cadastro no site para ter acesso aos arquivos.

Essa é a melhor forma de representar telhas em 3d? Usando texturas? Sim, o método para representar telhas usando texturas apresenta diversos benefícios como ser incrivelmente leve. Alguns artistas gostam de usar modelos 3d reais para representar telhados. Isso pode ser feito com ferramentas semelhantes a um Array.

Depois de fazer as cópias é possível aparar o modelo usando recursos como operações Booleanas. No final você tem um telhado topologicamente correto, mas que pode atrapalhar o seu render e manipulação do modelo 3d

O problema nesse caso é a quantidade de geometria que esse tipo de superfície acaba gerando. Basta observar um telhado para identificar que cada telha e suas sobreposições, geram grande quantidade de superfícies. As sombras e detalhes gerados na superfície vão demandar muito poder computacional.

Esse mesmo poder computacional pode ser empregado em recursos como vegetação, luzes e efeitos óticos. Elementos que efetivamente acabam melhorando a sua renderização de uma maneira geral.

É por esse motivo que o download desse conjunto de texturas voltadas para criação de telhas é mais do que recomendado.

Aprenda a fazer modelagem 3D

Quer aprender a fazer modelagem 3D e outras técnicas que podem ajudar você na criação de modelos para arquitetura ou jogos? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos relacionados com o tema, envolvendo diversos softwares:

Como converter arquivos max sem o 3ds Max?

Ao longo do desenvolvimento de qualquer projeto relacionado com visualização ou jogos, você pode encontrar um recurso valioso que pode ajudar no seu ambiente. Mas, você tem um problema. O arquivo está no formato max. Então você se pergunta: Como converter arquivos max sem o 3ds Max?

Os arquivos dos softwares da Autodesk são relativamente difíceis de trabalhar, se você não possui os softwares nativos para cada software. No caso dos arquivos max a coisa é ainda mais complicada, pois você basicamente só consegue abrir os arquivos com o 3ds Max.

Mas, sabia que existe uma forma de converter arquivos max sem o 3ds Max?

Converter arquivos max sem o 3ds Max

Para conseguir converter arquivos max sem o 3ds Max é preciso usar um serviço online chamado Yobi 3D. Nesse serviço você pode fazer o upload de um arquivo max, e solicitar a conversão para formatos como OBJ ou FBX.

Tudo é feito de maneira gratuita!

Será que funciona?

Para testar o serviço, resolvi fazer um teste que envolve pegar um arquivo do 3ds Max na versão 2016 que tem o famoso Utah teapot. Fiz o upload do arquivo para o Yobi 3D e pedi a conversão para OBJ.

converter arquivos max sem o 3ds Max

Depois de algumas tentativas, pois nas duas primeiras a conversão falhou, consegui fazer o download do arquivo OBJ.

Aqui está o Utah Teapot do 3ds Max no Blender!

converter arquivos max sem o 3ds Max

O serviço de conversão é de grande utilidade para artistas 3d que estão desenvolvimento projetos, e acabam precisando de um modelo 3d ou animação em max.

Algumas coisas que você deve tomar cuidado ao converter arquivos max sem o 3ds Max no Yobi 3D:

  • Os arquivos não podem ter mais de 30MB
  • O sistema funciona com uma “fila virtual”. Sua conversão pode falhar por sobrecarga no servidor
  • Dependendo da complexidade do modelo 3d, pode demorar até a conversão ser finalizada

Essa é sem sombra de dúvida a melhor alternativa para converter arquivos max sem o 3ds Max, que é totalmente gratuita.

Aprenda modelagem 3d

Quer aprender modelagem 3d em diversos softwares para uso em jogos ou outros projetos? No EAD – Allan Brito você encontra diversas opções de treinamentos no Blender, 3ds Max e outros:

Dicas Photoshop: Usando grupos no photoshop

Um dos recursos que é comum aos softwares gráficos de maneira geral são as camadas, que são encontradas em praticamente todos os softwares. Apenas em alguns deles as camadas acabam assumindo papel ligeiramente diferente como é o caso dos softwares de CAD ou 3D. Mas, em todos os outros é possível encontrar a opção de organizar um projeto em camadas.

A função primordial das camadas nesse caso é controlar a ordem com que os gráficos são exibidos na tela. Quais elementos estão na frente ou atrás da composição?

Quando estamos começando a usar esse tipo de ferramenta é muito comum sair adicionando as camadas à medida que vamos precisando delas. Tem um novo gráfico? Adicione uma nova camada e faça as edição necessárias.

Esse é o comportamento tradicional dos artistas digitais quando usam softwares como o Photoshop. Mas, ao trabalhar com projetos ligeiramente mais complexos é bem possível que você esteja criando um problema no longo prazo. Pois, a tendência é que tudo acabe se tornando uma camada.

Um arquivo PSD com mais de 100 camadas acaba se tornando um desafio pelo lado da organização do conteúdo, junto com a parte criativa. Como é que você vai organizar todo esse material?

Nesse artigo, vou mostrar uma opção do Photoshop que ajuda na organização desse tipo de conteúdo. São os chamados grupos de camadas ou pastas. O funcionamento é semelhante ao que temos nas nossas pastas de arquivos. Você pode adicionar múltiplas camadas em um único grupo, para que as mesmas fiquem “reunidas” dentro dessa categoria.

Quando você precisar realizar uma tarefa no Photoshop que exija a edição desse agrupamento como um todo, basta aplicar o processo na pasta. Por exemplo, algo simples como ocultar múltiplas camadas de uma só vez.

Grupos no Photoshop

Para criar esse recurso no Photoshop, você precisa apenas selecionar o painel de controle das camadas e clicar na opção que adiciona um grupo.

grupos no photoshop

Se você não tiver camadas, pode adicionar algumas diretamente no painel com o grupo selecionado. Assim, todas as novas camadas são adicionadas diretamente no grupo marcado. Outra opção é clicar e arrastar as camadas para a área correspondente ao que você possui na pasta.

grupos no photoshop

Dessa forma você mantém seus projetos no Photoshop organizados e sob controle! Mesmo que eles sejam formados por algumas dezenas ou centenas de camadas.

Aprenda a usar o Photoshop

Ainda não sabe usar o Photoshop? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos e treinamentos que podem ajudar você a usar o Photoshop para edição de imagens, ou mesmo aplicações mais específicas como arquitetura: