Como simular spots de luz no Maya 2011

A representação de pontos de luz na interface de um software 3d pode ajudar muito na criação e design de iluminação para cenários ou animações. Quando os pontos de luz usados não são direcionais, é bem comum que o artista 3d acabe se perdendo um pouco na limitação dos pontos em que temos mais ou menos iluminação. Em projetos que envolvem o design para jogos ou animações interativas, pode inclusive ser necessário simular o efeito da luz sendo emitida de refletores ou spots, caso a engine 3d usada para o projeto não suporte esse tipo de efeito.

Caso você queira conhecer uma técnica simples e rápida para simular esse tipo de efeito no Maya, encontrei um tutorial em vídeo bem interessante que apresenta a técnica, ajustando os materiais.

A técnica é bem simples e envolve trabalhar com o modelo 3d do refletor de luz e um objeto posicionado exatamente na saída da iluminação. O segredo nesse caso é trabalhar com materiais associados a gradientes, que no Maya são chamados de Ramps. O procedimento envolve a configuração da cor do material com uma textura, realizado no ícone que fica ao lado do parâmetro Color do material. Ao aplicar a textura, podemos determinar que o material começa com uma cor e termina com outra, com controles de opacidade independentes. Se um lado do material é opaco e o outro é transparente, teremos o efeito da luz sendo emitida pelo refletor.

Quando esse objeto estiver na parte frontal do refletor, podemos desligar a influência de qualquer ponto de luz na janela que determina os relacionamentos entre os objetos. Para isso, devemos selecionar o ponto de luz e desmarcar o nome do objeto que representa o tubo com o feixe de luz. Essa janela fica no menu Window e na área do Relationship Editor.

Os Ramps no Maya são extremamente importantes para o desenvolvimento e configuração de objetos em 3d, tanto no que tange os materiais e texturas, como na criação e ajuste de partículas.

Como estou fazendo a atualização do meu material de aula para o Maya nesse semestre, esse tutorial fará parte da lista de referências que uso, principalmente para as aulas sobre materiais.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um comentário sobre “Como simular spots de luz no Maya 2011”

  1. Não sou usuário do Maya porém aprendi e acho que esse conceito possa ser repetido em outras suítes.

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *