Compartilhe o artigo!

Apesar de ministrar aulas de Adobe Premiere, utilizo profissionalmente também o Final Cut da Apple. Para quem não sabe, o Final Cut é o software equivalente ao Premiere para o Mac. Além de ser o equivalente, é possível dizer também que foi a ferramenta responsável por tirar o “trono” do Premiere, como software padrão para edição de vídeo não-linear do mercado. Isso mesmo, para que seja possível avaliar o impacto que o Final Cut causou quando foi lançado, a Adobe simplesmente parou de produzir o Premiere para o Mac OS X já que os usuários migraram em massa para o Final Cut.

O impacto foi tão grande que fez a Adobe reformular o Premiere, que hoje se chama Premiere Pro e deixar a interface com uma “cara” parecida com o Final Cut. Somente nas últimas semanas, depois de um intervalo de aproximadamente 4 anos, a Adobe anunciou que voltará a lanças versões do Premiere para o Mac OS X.

No dia 15/04, a Apple anunciou o lançamento do Final Cut Studio 2. Esse é um pacote de aplicativos para profissionais que trabalham com multimídia e vídeo digital. Entre os softwares estão:

  • Final Cut Pro 6: Esse é o editor de vídeo não-linear.
  • Motion 3: Software para produzir gráficos em animação.
  • Soundtrack Pro 2: O próprio nome mesmo já diz, que a ferramenta é destinada a editar e produzir áudio para os vídeos.
  • Compressor 3: Esse software é utilizado para comprimir e produzir arquivos de vídeo nos mais variados formatos e compactações, sem perder a qualidade. Uma das grandes vantagens é produzir com o formato H.264 que reduz sensivelmente o tamanho dos arquivos de vídeo.
  • DVD Studio Pro 4: Aqui é possível produzir DVD`s com sofisticação em menus e animações.
  • Color: Nova ferramenta destinada a fazer correções de cor em vídeo.

Como é possível perceber, o pacote é bem completo e diferente da proposta da Adobe que distribui apenas o Premiere. Para melhorar esse pacote de aplicativos só ficou faltando mesmo o LiveType, que produz animações com textos e títulos.

Sou meio suspeito para indicar aplicativos e ferramentas da Apple, já que não escondo de ninguém que sou admirador e fã dos produtos que a Maçã produz. Mas dessa vez nem os defensores da Adobe podem negar que a grande maioria dos profissionais de vídeo, principalmente os de cinema, utilizam o Final Cut.

Ainda mais nessas últimas versões que contam com recursos para editar e trabalhar com vídeos no formato HD (Alta Definição).

Caso você esteja pensando em montar um estúdio, mesmo que seja para trabalhar com animações ou vídeo, conheça essa ferramenta e estude a possibilidade de trabalhar com um Mac. Essa área é dominada pelos softwares da Apple, os outros softwares baseados em ambiente Windows, ainda estão longe de igualar a quantidade de recursos e ferramentas da Apple nessa área.

Pode parecer mais caro no início, mas o investimento tem retorno, já que os trabalhos de edição são realizados de maneira mais rápida e fácil. Sem falar da embalagem (Um Mac!).

Para conhecer mais sobre o Final Cut Studio 2, visite: http://www.apple.com/finalcutstudio/

O custo da ferramenta é de 1299 dólares. Já o Premiere Pro 2 custa 2840 reais (Consulta em 16/04/2007). Vejam que o Custo x Benefício do Final Cut é mais atrativo que o Premiere.